Menu Papel POP

Kesha retira processo contra Dr. Luke para tentar retomar a carreira

MAIS SOBRE:

Numa tentativa de retomar a carreira por completo e seguir em frente, a cantora Kesha retirou na última segunda-feira (01), o seu processo em que acusa o produtor Dr. Luke de abuso sexual.

Quem informa é o Buzzfeed News, que falou com a equipe de advogados da cantora, que anunciou que Kesha gravou, arcando ela mesma com as despesas, uma série de novas músicas para suprir o seu contrato vigente com a Kemosabe Records, de propriedade de Dr. Luke e que está ligada à Sony Music.

Kesha está focada em voltar ao trabalho e entregou 28 novas músicas para a sua gravadora. Nós levamos para a Sony Music e para a gravadora o forte desejo de Kesha de lançar um novo single e um novo álbum o mais breve possível”, disse o advogado Daniel Petrocelli.

Caso as novas músicas de Kesha não sejam lançadas pela Kemosabe Records, a equipe da cantora poderá alegar que Dr. Luke e a Sony Music que estariam ferindo o contrato ao se recusar a lançar novas músicas. Ao mesmo tempo, a gravadora tem o direito de clamar que as novas músicas não são satisfatórias, caso não queria lançá-las.

O Buzzfeed News tentou contato com a Sony, mas não obteve. A representante legal de Dr. Luke, Christine Lepera, disse em comunicado que Kesha retirou as acusações “porque ela não teria chance de vencer”.

No começo do ano, Kesha perdeu um outro processo que movia contra Dr. Luke e a Sony Music – o que ela tentava romper o seu contrato. Assinado em 2005, quando ela tinha 18 anos, o contrato, que ainda está vigente, obriga a cantora a lançar cinco álbuns pelo selo Kemosabe Records. Até o momento, Kesha tem apenas os álbuns “Animal” (2010) e “Warrior” (2012).

De acordo com o Buzzfeed, a decisão de Kesha de remover o processo de abuso sexual contra Dr. Luke, ainda pode ser reaplicado na justiça da Califórnia. A cantora ainda apela também para um novo julgamento a respeito do fim do seu contrato.

Atualmente, Kesha está em turnê pelos Estados Unidos com uma banda chamada “Kesha and the Creepies”, em que canta as suas próprias músicas, mas em versão de rock.

Comentários

Topo