Menu Papel POP

David Schwimmer fala sobre fama como o Ross de “Friends”: “Eu queria me esconder”

MAIS SOBRE:

A série “Friends” pode ter dado reconhecimento (e também dinheiro) para o ator David Schwimmer, que vivia o Ross, mas deu também uma fama que ele não estava esperando.

Em uma nova entrevista com o site The Hollywood Reporter, o ator falou sobre os 10 anos em que atuou na série e sobre os contras de ter feito tanto sucesso na televisão.

Segundo Schwimmer, foi algo prejudicial para ele pois, com a fama, ele deixou de observar as pessoas e começou a querer se esconder delas.

“Foi bem duro e mexeu com o meu relacionamento com as pessoas de um jeito que levou anos para eu me ajustar e ficar confortável. Como um ator, do jeito que eu fui treinado, meu trabalho era observar a vida e as outras pessoas, então eu costumava andar de cabeça erguida, tentando me conectar e ver as pessoas. O efeito da celebridade foi o oposto: fez eu querer me esconder e usar um boné para não ser visto. E eu percebi que depois de um tempo eu não estava mais assistindo às pessoas, eu estava tentando me esconder. Então eu tentei descobrir: como eu consigo ser um ator neste novo mundo, nesta nova situação? Como eu faço o meu trabalho? Foi complicado.”

O ator falou ainda, porém, que entende o enorme interesse do público em seu personagem e, consequentemente, o enorme interesse o público nele próprio. Schwimmer comparou a vida de uma ator de cinema com um de TV. Enquanto o primeiro faz vários papéis diferentes, o segundo fica marcado como um mesmo personagem por vários anos.

“Você conviveu conosco por 10 anos, nós somos parte de uma família, de um certo jeito. (…) Eu fui o mesmo cara por 10 anos, você pode se relacionar comigo de uma certa forma e você me conhece – ou acha que me conhece”.

David Schwimmer voltou à TV este ano com as séries “Feed The Beast” e “The People v. O. J. Simpson: American Crime Story”. Por esta última, David está concorrendo ao prêmio de melhor ator coadjuvante em série limitada no Emmy 2016 por ter vivido Robert Kardashian, pai da Kim Kardashian e que foi um dos advogados do caso do O.J. Simpson.

Comentários

Topo