Menu Papel POP

Leslie Jones, de “Caça-Fantasmas”, sofre ataque racista no Twitter e desabafa

Pleno 2016 e infelizmente a gente ainda precisa lidar com relatos de preconceito no mundo. E em Hollywood a situação não está melhor não. Ontem à noite, a atriz Leslie Jones, do novo “Caça-Fantasmas”, compartilhou inúmeras ofensas raciais e misóginas direcionadas a ela. A comediante do “Saturday Night Live” teve que ler várias comparações com macacos, xingamentos sobre sua aparência, montagens falsas com frases nunca ditas por ela e muitas, muitas outras coisas horríveis.

Não dá para aguentar calada, não é? Leslie postou um desabafo longo, dizendo como se sente ofendida, cansada e triste com todas as ofensas. Ela começou com este tuíte:

“É muito triste, a maioria desses comentários parecem ser de crianças ignorantes. ‘Eu sou a fonte da AIDS?!’ Que porra é essa! Essas pessoas se odeiam”.

Leslie continuou:

“Você precisa se odiar para destilar tanto ódio. No meu pior dia eu não consigo ter tanta raiva assim. Não sei como me sentir. Atordoada, realmente atordoada. Leio as palavras e vejo as fotos e vídeos. Vídeos, gente. Isso significa que as pessoas usaram seu tempo para espalhar o ódio. Um cara mandou um vídeo gritando que odeia negros! Não há vergonha ou compaixão pela vida humana. Isso me assusta pra caralho. Eu costumava me perguntar por que algumas celebridades não têm Twitter; agora eu sei. Você não pode ser legal e se comunicar com os fãs, porque as pessoas são loucas. Por mais que eu ame tuitar e postar fotos de coisas incríveis que acontecem na minha vida as quais eu sou abençoada em ter, eu não sei mais. Você pode pensar que atores não são humanos, mas eu quero dar algo para vocês pensarem. Eu trabalho por amor. Sou mais humana e real do que vocês podem pensar. Eu trabalho pra caralho. Eu não sou diferente de qualquer um de vocês com um sonho de fazer o que amam. Nunca disse ser melhor ou especial. Só tento fazer meu trabalho da melhor forma possível. Não é o que todo mundo faz? Então sim, isso me machuca!”

“É como se você pensasse ‘OK, provei meu valor’, e aí você é atacada com um punhado de ódio. Estou atordoada. Digo, eu sei que existe racismo. Mas eu era inocente ao pensar que alguma coisas estavam mudando. Ainda vivemos em um mundo onde precisamos dizer que as vidas negras importam. Estou muito cansada disso. Por que ainda isso é uma luta? Quero muito odiar isso mas não consigo porque sei que não resolve nada e só me faz triste. Não sou estúpida, eu sei que o racismo existe. E sei que ele continuará. Mas precisamos fazer as pessoas assumirem responsabilidade pelo ódio distribuído. Temos que lutar contar isso. Bloqueá-los, mas apontar que eles são racistas e estão espalhando ódio. Parem de falar para ignorá-los ou dizer que é assim mesmo. Isso é uma merda. Todo mundo reconhece um idiota pelo seu ódio. Parem de deixar as pessoas ignorantes se livrarem de serem ignorantes. Mandem eles calarem a boca, sério. Parem de deixar os ignorantes serem maiores. Gente, eu recebo mais amor do que ódio, mas eles são grandes. Foda-se isso, sejamos maiores. Estou cansada de todo mundo não acreditar que podemos mudar algo. Nós somos as pessoas que podem mudar qualquer coisa se quisermos. A gente parou de comer espinafre porque achamos que isso não fazia bem. E aí você me fala que não conseguimos acabar com o ódio. Eu não acredito nisso. Só estou triste hoje.”

Leslie ainda mandou um recado à administração do Twitter:

“Twitter, sei que existe a liberdade de expressão. Mas é preciso que haja diretrizes quando as coisas fogem do controle. Dá para ver nos perfis dessas pessoas que elas são loucas. Não é o suficiente bloquear essas contas. Elas precisam ser denunciadas. E para todos que dizem ‘não desça ao nível dessas pessoas’, não é isso. Não me falem como reagir, porque eu tenho todo o direito de me sentir ofendida e nervosa. Então por ora vou dar um tempo. Todo esse ódio está me enchendo o saco.”

A comediante terminou o desabafo denunciando um perfil que fazia montagens falsas sobre ela e postou as últimas mensagens:

“Sinto que estou em um inferno pessoal. Eu não fiz nada para merecer isso. Não deveria ser assim. Muito magoada. Deixo o Twitter hoje com lágrimas e o coração triste. Tudo isso só porque fiz um filme. Você pode odiar o filme, mas as coisas que eu recebi hoje… [tudo] errado.”

Algumas celebridades demonstraram apoio à Leslie, como o diretor de “Caça-Fantasmas” Paul Feig.

“Leslie Jones é uma das melhores pessoas que conheço. Quaisquer ataques pessoais contra ela são ataques contra todos nós”.

A comediante Margaret Cho, o apresentador James Corden e o ator John Boyega também foram à público:

“Apoio Leslie Jones. Ela é uma inspiração e prestes a ser uma lenda.”

“Eu AMO Leslie Jones, e todos que conheço também a amam. Espero que ela sinta esse amor agora.”

“Rainha, estou desejando o melhor. Passe por isso e possivelmente você encontrará paz. Não deixe eles te pararem!”

Anna Kendrick e Elizabeth Banks também deixaram mensagens à Leslie e ao filme, assim como Katie Lowes, de “Scandal”, e Sophia Bush, de “Chicago P.D.”.

“Eu te amo, Leslie. Você é linda. E HILÁRIA.”

“Leslie, você é incrível. O que aconteceu com você hoje no Twitter é horrível. Precisamos da sua luz e da sua luta.”

Um representante do Twitter, em comunicado ao BuzzFeed News, afirmou que a equipe do site está trabalhando para evitar acontecimentos como esse:

“Este tipo de comportamento abusivo não é permitido no Twitter, e temos tomado medidas em muitas dos perfis relatados a nós tanto por Leslie quanto por outros. Contamos com as pessoas para denunciar esse tipo de comportamento, mas vamos continuar a investir fortemente na melhoria das nossas ferramentas e sistemas para evitar esse tipo de abuso. Nós percebemos que ainda temos muito trabalho pela frente antes do Twitter chegar à melhor maneira de lidar com isso.”

O CEO do Twitter, Jack Dorsey, também enviou um tuíte para a atriz pedindo para que ela enviasse uma DM.

Recentemente, Leslie foi notícia pela dificuldade em conseguir um estilista para vesti-la na première de “Caça-Fantasmas”. Christian Siriano, do “Project Runway”, acabou ajudando a atriz, que ficou super linda! Bem que todos poderiam ser tão sensíveis como Siriano!

Comentários

Topo