Menu Papel POP

Série spin-off de “Doctor Who” vai ter protagonista gay

MAIS SOBRE:

Tá sabendo? A série britânica de sci-fi “Doctor Who” vai ganhar em breve um spin-off, com o título de “Class”, que será focado em jovens estudantes, que vão lidar com questões normais como sexo, namoro e… O possível fim da existência.

Por enquanto, detalhes sobre a história estão sendo mantidos em segredo, mas depois do ataque de domingo (12) na boate LGBT Pulse, o roteirista da nova série, Patrick Ness, foi ao Twitter divulgar uma grande novidade: um dos protagonistas vai ser gay.

“Fui questionado se Class vai ter representação LGBT. Será que um protagonista com um namorado que ele beija e dorme junto e ama é suficiente? Nós estávamos mantendo isso em segredo, mas hoje esse segredo não parece muito importante. #OAmorVence”.

Depois de dar a notícia, Ness voltou à rede social surpreso com a repercussão na imprensa britânica – com o desejo que a notícia de um protagonista gay numa série não seja muita novidade no futuro.

“Um pouco surpreso que ter um protagonista gay em Class seja uma grande notícia. Um dia não vai ser, um dia em breve. PORQUE NÃO É NADA DEMAIS. Uma forma de mudar o mundo é agir como se ele já estivesse mudado. É assim comigo, é assim com Class… (Exceto que, claro, é algo demais, eu sei; meu eu de 15 anos nunca pode se ver; isso não vai acontecer novamente, não se depender de mim)”.

Mas quem será esse protagonista gay? Entre os atores principais da nova série, temos dois homens: Greg Austin e Fady Elsayed. Além dos caras, “Class” terá ainda no elenco as minas Sophie Hopkins e Vivian Oparah, junto com a professora que será vivida Katherine Kelly.

A primeira temporada de “Class” deve estrear no segundo semestre na BBC. Confira um vídeo apresentando o elenco:

Comentários

Topo