Menu Papel POP

Diretor de “Game of Thrones” explica AQUELA cena da Melisandre na estreia da sexta temporada

Obviamente o texto a seguir contém spoilers sobre a estreia da sexta temporada de “Game of Thrones”… 

A gente esperava muita coisa do episódio de estreia da sexta temporada de “Game of Thrones”, principalmente a ressurreição de Jon Snow (Kit Harington), que, porém, continua mortinho da silva.

O título do episódio, aliás, “The Red Woman”, ou a Mulher de Vermelho, até dava a entender que a grande reviravolta seria a Melisandre (Carice Van Houten) ressuscitando o personagem. Mas nada disso, a grande surpresa da noite de ontem foi outra, completamente diferente, mas também relacionada à Melisandre e que explicou o nome do episódio.

melisandre-anciã-game-of-thrones

Ao final, a personagem tirou o colar, que quase sempre usou durante a série, e surpreendeu a todos a revelar que ela, na verdade, é uma anciã, praticamente centenária, apesar da sua idade real não ter sido revelada. Em entrevista à Entertainment Weekly sobre o episódio de ontem, o diretor James Podeswa deu a entender que ela deve ter uns 400 anos.

Podeswa explicou ainda que, para a cena, a atriz Carice Van Houten usou uma maquiagem pesada no rosto e no cabelo para causa o envelhecimento e, com ajuda de efeitos especiais, seu corpo foi trocado por o de uma dublê idosa, usando a mesma tecnologia que permitiu a Lena Headey, a Cersei, usar uma dublê de corpo na cena do Walk of Shame.

“Nós estamos limitados a usar uma pessoa real do que um corpo completamente criado em computação, porque como uma pessoa de 400 anos deve ser? Nós não sabemos. Então se você tenta criar isso, você cria algo que vai além da nossa própria realidade. Desse jeito, você sente que ela é velha mas sem colocar um número na idade. Eu acho que a performance das duas atrizes ajudou a não especificar uma idade. A gente pensou se devia usar mais efeitos para fazer a dublê de corpo parecer ainda mais velha, mas eu acho que qualquer coisa que fizéssemos ia fazer parecer menos real. Nós estamos fazendo uma série de fantasia – ou uma série com elementos de fantasia – quanto mais você se aproxima da realidade, mais forte é a ilusão”.

Segundo o diretor, a cena foi bastante importante para demonstrar o enorme momento de fragilidade da personagem nas atuais circunstâncias da série.

“Nesse momento, é uma coisa gestual sobre o que fazer. Ela está questionando o seu poder e a sua habilidade de converter as pessoas. Ela está em seu ponto mais baixo, olhando no espelho e sua versão verdadeira. É um sinal de fragilidade. Você está vendo o seu momento mais vulnerável”.

Também falando com a EW, a atriz Carice Van Houten afirmou que já sabia sobre o segredo da personagem e ficou feliz de poder contá-lo enfatizando também a importância de mostrar esse lado vulnerável da personagem.

“Eu fiquei bem feliz quando eu li que nós iríamos fazer a revelação esse ano. Eu acho que muitas pessoas não imaginavam isso. Isso faz dela imediatamente mais vulnerável, mas também mais sábia e ainda mais misteriosa. Também há uma vulnerabilidade na sua própria idade”.

Para terminar, a atriz disse ainda que a revelação explica um pouco do comportamento da personagem durante a série, como por exemplo a frieza dela ao sacrificar a pequena Shireen na temporada passada, o que para ela seria um ato pequeno porque ela já viveu o suficiente para ver pessoas sofrendo ainda mais em diversas guerras. Palavras da Van Houten.

Bem, como a atriz falou, a revelação de ontem deixa sua personagem ainda mais misteriosa. A gente mal pode esperar para ver o que ainda vem por aí na vida da Melisandre na sexta temporada de “Game of Thrones”.

Comentários

Topo