Menu Papel POP

George R.R. Martin, autor dos livros de “Game of Thrones”, esclarece confusão: “não morri ainda”

MAIS SOBRE:

George R.R. Martin, o autor da saga “Crônicas de Gelo e Fogo”, que deu origem a série “Game of Thrones”, informa: apesar de muita confusão, ele não está morto.

É que nesta quarta-feira (09) morreu na Inglaterra o lendário produtor dos Beatles, George Martin, aos 90 anos. Com isso, muitos sites acabaram postando a notícia do falecimento, mas usando erroneamente a foto do escritor de “Crônicas de Gelo e Fogo”.

Para esclarecer tudo, o autor George R.R. Martin precisou fazer um post em seu blog que recebeu o título de “não morri ainda”.

“Enquanto é estanhamente comovente perceber que tantas pessoas ao redor do mundo se importam profundamente com minha vida e morte, eu tenho que ir com Mark Twain e insistir que os rumores do meu falecimento têm sido grandemente exagerados. Foi o Sir George Martin, dos Beatles, que morreu. Não eu. “

Além de falar sobre a confusão, R.R. Martin prestou ainda homenagem ao produtor, que sempre foi considerado um “quinto Beatle”, devido a sua importância para o grupo.

“Nós vamos sentir a falta dele. Eu nunca conheci o Sir George (eu na verdade encontrei Paul McCartney uma vez, por um minuto, enquanto esperava meu carro alugado no estacionamento do Four Seasons em Beverly Hills), mas como milhões por aí, eu amo os Beatles e a contribuição de Martin para a música deles é digna de reconhecimento e honra.”

Para completar seu post, o autor norte-americano, que está com a entrega do sexto livro de “Crônicas de Gelo e Fogo” bastante atrasada, esclareceu que vem escrevendo e brincou que espera viver por mais um tempo.

“Enquanto a mim, eu ainda estou aqui, ainda escrevendo, ainda editando, ainda vendo filmes e lendo livros, e eu espero permanecer por aqui por um pouco mais de tempo, muito obrigado. Mas eu agradeço a preocupação de vocês”.

 

É que o George R.R. Martin fica bem irritado quando surgem rumores sobre a sua morte ou notícias sobre sua frágil saúde. Há um tempinho atrás, quando questionado sobre os fãs da sua saga literária que temem que ele morra antes de concluí-la, ele disse o seguinte:

“Eu acho isso bastante ofensivo, francamente, quando as pessoas começam a especular sobre minha morte e minha saúde. Então fodam-se essas pessoas”.

 

Comentários

Topo