Menu Papel POP

Presidente do Grammy comenta falhas na apresentação de Adele: “foi um problema nosso”

MAIS SOBRE:

Um dos tópicos mais comentados da cerimônia de 2016 foi a série de falhas técnicas na apresentação da Adele, que teve cortes na transmissão e ainda uma queda de microfone no piano, o que deixou a cantora visivelmente nervosa no palco.

Falando com a imprensa, Neil Portnow, presidente da Academia de Gravação, que organiza o Grammy, comentou que as falhas na apresentação da cantora foram de total responsabilidade do evento.

“Em defesa da Adele, ela arrasou, ela fez um trabalho fantástico, tão profissional que ela é. Isso tudo que aconteceu foi um problema de responsabilidade nossa”, disse à Variety.

Já para a revista People ele falou o seguinte: “Todo o crédito à Adele por ser a profissional que é. Ela fez um bom trabalho e nós certamente não gostamos quando coisas assim acontecem, só que essas coisas acontecem”.

 

O que aconteceu, segundo Portnow, foi que um dos microfones do piano caiu em cima das cordas enquanto o instrumento era levado ao pequeno palco em que a Adele se apresentou, no meio do Staples Center. Assim que a apresentação começou, os técnicos perceberam o problema e tentaram corrigí-lo com um sistema de back-up, o que acabou causando um outro problema, a falha de transmissão do evento.

Pelo Twitter, Adele também deu explicações, dizendo aos seus fãs que o barulho metálico ouvido na apresentação foi causado justamente pela queda do microfone nas cordas. “Merdas acontecem”, comentou a cantora em seus tweets.

Comentários

Topo