Menu Papel POP

Kendrick Lamar e Taylor Swift são os maiores vencedores do Grammy 2016

Ufa! Acabou! Foram mais de três horas de muitos shows, prêmios e homenagens na cerimônia do Grammy 2016, que acabou consagrando, sem surpresas, Kendrick Lamar e Taylor Swift como como os maiores vencedores da noite.

A cerimônia esse ano teve a novidade de ser realizada numa segunda-feira (15), mas se manteve com o apresentador LL Cool J, pelo quinto ano seguido, e mais uma vez foi realizada no Staples Center, em Los Angeles.

Quem conseguiu ficar acordado até o fim da festa viu Kendrick Lamar ser o maior vencedor da noite, levando pra casa nada menos que cinco prêmios, incluindo Melhor Álbum de Rap para “To Pimp A Butterfly” e Melhor Música de Rap para “Alright”. O cara ainda fez uma apresentação linda homenageando suas raízes africanas.

Além dele, quem também arrasou na premiação foi Taylor Swift, uma das principais vencedoras da noite com troféus, levando pra casa três prêmios: Melhor Clipe por “Bad Blood” e ainda Melhor Álbum Pop Vocal e Álbum do ano para “1989”.

Ah, e com isso a Taylor se tornou a primeira mulher da história a vencer duas vezes na categoria Álbum do Ano.

No seu discurso, a Taylor pareceu ter mandado um recado para o Kanye West, que semana passada divulgou uma música dizendo que a fez ficar famosa. Ao receber o prêmio, Taylor falou o seguinte:

“Como a primeira mulher a vencer o Álbum do Ano no Grammy duas vezes, eu quero dizer a todas as jovens por aí, vão haver pessoas no seu caminho tentando boicotar seu sucesso ou tentando levar os créditos pelas suas realizações ou pela sua fama. Mas se você focar apenas no trabalho e não deixar ninguém colocar você de lado, um dia, quando você chegar onde deseja, você vai olhar ao seu redor e vai saber que foi você mesma e todas as pessoas que te amam que te colocaram ali e esse será o melhor sentimento do mundo.”

A Taylor Swift, aliás, também cantou na cerimônia do Grammy, foi ela a responsável por abrir a festa com a música “Out of the Woods”, que fez a Adele cantar juntinho ao lado do Ed Sheeran! Hahaha!

Por falar no ruivinho, o Ed venceu pela primeira vez o Grammy e de cara levou logo dois prêmios: Música do Ano e Melhor Performance Pop Solo, ambos por “Thinking Out Loud”. Mas foi só a gente que achou que a Taylor ficou mais feliz que ele quando foi anunciado um dos prêmios? Hahaha!

O prêmio especial de “MusiCares Person of the Year” foi para Lionel Ritchie, que ganhou um tributo de artistas como John Legend, Demi Lovato e Meghan Trainor. Mas ele não conseguiu ficar apenas assistindo e subiu ao palco para cantar também, empolgando toda a audiência da premiação.

A cerimônia do Grammy de 2016 teve muito prêmio, muita apresentação boa, mas não tem como negar, a hora que a emoção bateu forte foi na homenagem ao David Bowie, um dos momentos mais esperados da noite, quando a Lady Gaga fez um show incrível e repleto de sucessos do cantor, falecido no comecinho do ano.

Além de David Bowie, ganharam homenagens os também falecidos B.B. King, num tributo feito por Chris Stapleton, Gary Clark Jr. e Bonnie Raitt, e Glenn Frey, que teve os seus colegas de Eagles se apresentando com Jackson Browne.

Mesmo sem estar concorrendo, já que o álbum “25” só estará elegível para a premiação de 2017, Adele roubou a cena no Grammy 2016 com uma apresentação linda e emocionante da música “All I Ask”. Teve probleminhas com o som, ela ficou nervosa, mas nada que tirasse o brilho dela. <3

rihanna-grammy-2016

Outro momento super esperado da noite era a primeira apresentação ao vivo da Rihanna para promover o álbum “ANTI”, mas que acabou sendo cancelada. Segundo o TMZ, a cantora foi diagnosticada com bronquite e acabou ficando de fora da cerimônia.  

Ainda rolou por lá shows como Alabama Shakes, James Bay com Tori KellyJustin Bieber com o Jack Ü, Andra Day com Ellie Goulding e ainda The Weeknd.

Mais um momento especial do Grammy 2016 foi a apresentação ao vivo, direto da Broadway, do musical “Hamilton”. Coisa linda!

A artista revelação da noite foi a Meghan Trainor, que está prestes a lançar álbum novo e chegou ao Grammy de cabelo novo e acompanhada do pai. O discurso dela foi bem fofo e emocionado, a cantora não conseguiu segurar o choro. Fofa!

A única coisa que realmente faltou nesse Grammy foi uma apresentação da Beyoncé, né? Pelo menos, a cantora apareceu por lá para apresentar o prêmio de Gravação do Ano, que ela entregou para Mark Ronson e Bruno Mars por “Uptown Funk”.

Para encerrar, ainda rolou uma apresentação do Pitbull que, de surpresa, teve a companhia da Sofía Vergara no palco.

lady-gaga-grammy-meme

E olha, Grammy não é Grammy se não rolar muita zoeira na internet. Este ano, a piada ficou por conta principalmente do vestido de Skol Beats da Gaga! Hahaha!

Ah, e o resto dos vencedores? Bem, confira aqui a lista dos principais premiados na cerimônia do Grammy 2016:

Gravação do Ano
“Uptown Funk” – Bruno Mars Feat. Mark Ronson

Álbum do ano
“1989” – Taylor Swift

Música do ano
“Thinking Out Loud” – Ed Sheeran (Compositores: Ed Sheeran e Amy Wadge)

Melhor Artista Novo
Meghan Trainor

Melhor Performance Pop Solo
“Thinking Out Loud” – Ed Sheeran

Melhor Performance Pop de Duo ou Grupo
“Uptown Funk” – Mark Ronson Feat. Bruno Mars

Melhor Álbum Vocal Pop
“1989” – Taylor Swift

Melhor Videoclipe
“Bad Blood” – Taylor Swift Feat. Kendrick Lamar

Melhor Álbum de Rap
“To Pimp A Butterfly” – Kendrick Lamar

Melhor Parceria de Rap
“These Walls” – Kendrick Lamar feat. Bilal, Anna Wise & Thundercat

Melhor Performance de Rap
“Alright” – Kendrick Lamar

Melhor Música de Rap
“Alright” – Kendrick Lamar

Melhor Álbum Alternativo
“Sound & Color” – Alabama Shakes

Melhor Álbum de Rock
“Drones” – Muse

Melhor Performance de Rock
“Don’t Wanna Fight” – Alabama Shakes

Melhor Música de Rock
“Don’t Wanna Fight” – Alabama Shakes

Melhor Performance de R&B
“Earned It (Fifty Shades Of Grey)” – The Weeknd

Melhor Música de R&B
“Really Love” – D’Angelo & Kendra Foster, compositores (D’Angelo And The Vanguard)

Melhor Álbum R&B
“Black Messiah” – D’Angelo and the Vanguard

Melhor Álbum Urbano Contemporâneo 
“Beauty Behind the Madness” – The Weeknd

Melhor Álbum Dance/Eletrônico
“Skrillex And Diplo Present Jack Ü” – Skrillex e Diplo

Melhor Gravação Dance/Eletrônico
“Where Are Ü Now” – Skrillex e Diplo com Justin Bieber

Melhor Trilha Sonora
Glen Campbell: I’ll Be Me

Melhor Música de Trilha Sonora
“Glory” – Lonnie Lynn, Che Smith & John Stephens, compositores (Common & John Legend)

Melhor Filme Musical
“Amy” – Amy Winehouse

Melhor Álbum de Rock, Urbano ou Alternativo Latino
“Dale” – Pitbull

Melhor Álbum Pop Latino
“A Quien Quiera Escuchar (Deluxe Edition)” – Ricky Martin

Para conferir a lista completa de vencedores (é tanta categoria que nem cabe aqui), basta acessar o site do Grammy.

Comentários

Topo