Menu Papel POP

Sir Ian McKellen comenta discurso de Sam Smith no Oscar

O discurso de Sam Smith no Oscar está dando o que falar. Dessa vez, Sir Ian McKellen quem comentou o ocorrido.

Na noite de ontem (28/02), todos os olhos estavam voltados para Sam Smith quando ele ganhou a categoria Melhor Canção Original. Em seus agradecimentos ele fez um discurso comovente:

“Eu li uma matéria uns meses atrás do Sir Ian McKellen, onde ele dizia que nenhum gay assumido tinha ganho um Oscar. Se esse é o caso – mesmo que esse não seja o caso – eu quero dedicar esse prêmio a comunidade LGBT ao redor do mundo.”

Vamos parafrasear que: ele não demonstrou muito certeza sobre ser o primeiro homossexual a ganhar a estatueta. E de fato, não era.

Sam Smith só descobriu o ‘erro’ quando deu uma entrevista na sala de conferência. Uma jornalista esclareceu os fatos para ele.

Elton John já havia ganho Melhor Canção Original com “Can You Feel the Love Tonight”, de “Rei Leão”, em 1994. E Melissa Etheridge, venceu também a mesma categoria em 2006, com “I Need to Wake Up” do documentário “Uma Verdade Inconveniente”.

No entanto, quem se manifestou sobre o discurso de Sam foi Dustin Lance, roteirista e cineasta que ganhou o prêmio de Melhor Roteiro Original por “Milk”. Nós explicamos melhor a treta aqui!

Voltando a Sir Ian McKellen, o ator havia dito que nunca um homossexual ganhou a estatueta na categoria de Melhor Ator. O Sam Smith se confundiu, Ian foi um fofo e esclareceu tudo em seu Twitter:

“Eu realmente disse que nenhum ator assumidamente gay recebeu um Oscar, isso não desmerece a conquista de Sam Smith. Parabéns a ele e outros os outros!”

Comentários

Topo