Menu Papel POP

Retrospectiva: como Anitta se tornou a maior artista brasileira de 2015

MAIS SOBRE:

Pode se dizer que o ano de 2015 foi o ano da virada da carreira de Anitta. A cantora começou o ano como sempre: sofrendo várias piadas na internet, sendo comparada com outras funkeiras e cantoras brasileiras e batalhando para lançar um hit tão poderoso quanto “Show das Poderosas”.

Mas como o mundo dá voltas, no último trimestre do ano ela explodiu, e colocou todo mundo para dançar ao som das suas novas canções e se tornou a maior artista brasileira deste ano. Então vamos relembrar a trajetória de Anitta nos últimos 12 meses:

No fim de 2014, a cantora representou o Brasil no Grammy Latino com a canção “Zen”, e estava divulgando o seu álbum “Ritmo Perfeito”, o que ela continuou a fazer até fevereiro, quando lançou o último single do álbum, “No Meu Talento”, com participação do MC Guimê.

Depois desse clipe, a cantora sumiu por alguns meses, para começar a trabalhar no seu novo álbum, mas logo começaram a surgir boas notícias, como a que ela tinha contratado Giovanni Bianco, o mesmo diretor de arte da Madonna, para ajudar no novo trabalho.

E em julho chegou a primeira amostra do que ela estava aprontando: a música e o clipe de “Deixa Ele Sofrer”.

O clipe, que foi gravado numa espécie de plano-sequência (no qual a cantora disse ter se inspirado no filme “Birdman”), logo se tornou um sucesso, com muita gente copiando, como o Marcus Majella, e treinando a coreografia.

Obviamente a cantora gravou um tutorial para todos os fãs ( não fãs) que estavam apaixonados pela música arrasarem nos passos de dança.

“Deixa Ele Sofrer” foi o começo da explosão de Anitta em 2015. A música fez ela ser a primeira cantora brasileira a ocupar o topo do Spotify Brasil.

Em seguida ela foi indicada ao Prêmio Multishow, do qual saiu vencedora em duas categorias: Melhor Show e Melhor Música (“Ritmo Perfeito”).

Anitta então resolveu mostrar a capa do seu mais novo álbum, “Bang”, indicando o trabalho que Giovanni Banco fez num estilo bem Pop-Art.

anitta-bang (1)

Eis que chegou o clipe de “Bang”, o responsável por fazer todos enlouquecerem, afinal com essa coreografia, esse visual, e essa batida, não tinha como ninguém ficar parado mesmo!

O clipe foi um sucesso instantâneo. Hoje em dia ele já conta com mais de 55 milhões de visualizações no Youtube, metade da quantidade de vezes que “Show das Poderosas”, que está online há mais de dois anos, foi visto.

Na mesma época, a cantora também ganhava um reconhecimento internacional. Ela foi escolhida como a representante brasileira no EMA 2015, e durante a premiação foi consagrada a melhor artista da América Latina, com direito a videozinho agradecendo em inglês para o mundo inteiro.

Mas aqui no Brasil, ninguém sabia fazer outra coisa a não ser copiar o clipe de “Bang”. A MC Melody, grande fã da cantora fez sua versão durante um programa de TV.

Então Anitta, que foi eleita a mulher mais sexy do mundo por uma revista brasileira, resolveu postar um novo tutorial ensinando a coreografia de “Bang”.

E quem foi uma das primeiras a dançar a música? Fátima Bernardes, que arrasou ao lado da cantora durante o “Encontro”.

E o vídeo também chegou lá na gringa, mais especificamente nas mãos das dançarinas da Beyoncé, que resolveram fazer sua própria versão.

Os trabalhos de Anitta não pararam por aí, ela foi convidada pelo jota Quest para participar da música “Blecaute”, que já contava com Nile Rodgers. Mas com o sucesso que a cantora vem fazendo, quem ficou de coadjuvante aí foi o próprio Jota Quest.

Agora no finalzinho do ano Anitta segue na divulgação do seu novo álbum, “Bang”. A cantora já liberou no Youtube o áudio de várias das canções do disco.

Wow, pronto! 2015 foi um ano e tanto pra Anitta, e a gente já tá pronto pra dançar muito mais ao som dela em 2016!

anitta-bang

Comentários

Topo