Menu Papel POP

George R. R. Martin critica os vilões da Marvel: “Cansado do clichê de terem o mesmo poder do herói”

MAIS SOBRE:

Quando o autor das “Crônicas de Gelo e Fogo” dá uma crítica, a gente tem que ouvir. George R. R. Martin, que escreveu os livros que deram origem à “Game of Thrones”, fez um “textão” para dizer o quanto amou “Homem Formiga” e deu uma dica para a galera da Marvel.

“Tem ação na medida certa para não passar por cima da história e dos personagens. O que foi um problema nos ‘Vingadores'”, disse sobre “Homem-Formiga” em seu blog. “Um filme de super-herói precisa de luta, coisas voando e explodindo. Mas tenho certeza de que as coisas funcionam melhor quando nos apegamos aos personagens“.

Mas Martin não fez só elogios. Olha o que ele acha dos vilões que a Marvel cria para seus heróis:

Estou cansado desse clichê da Marvel onde os caras maus têm os mesmos poderes dos bonzinhos. O Hulk enfrentou o Abominável, que é apenas um Hulk malvado. Homem-Aranha enfrentou o Venom, que é uma versão do mal dele. O Homem de Ferro lutou contra o Monge de Ferro. Nossa. Quero filmes onde o herói e o vilão têm poderes diferentes. Isso deixa a ação mais interessante.

Martin também disse que o melhor filme da Marvel foi “Homem-Aranha 2” com o Tobey Maguire. Concordam?

“Homem-Formiga” estrelado por Paul Rudd (já viu nosso papo com ele?) já está em cartaz!

Comentários

Topo