Menu Papel POP

“Mãe, me dá esse telefone! Chega de internet!”, diz Lola para Madonna

MAIS SOBRE:

– Mãe! Seguinte… Vou te mandar a real. Mãe?
– …
– Mãe, tô falando com você. Já tá surda? Com 50 anos?
– Garota, eu já te falei que não atendo por esse nome.
– Madonna!
– Pois não. Como posso te ajudar?
– Seguinte. Acabo de sair de um call com o Guy, seu empresário. Tá tudo fechado.
– Fala logo. Preciso postar essa montagem linda de rebel heart com Jesus Cristo cheio de fio amarrado na cara.
– É justamente isso. A gente já decidiu. Vamos cancelar o plano 4G do seu celular e mudar a senha do wi-fi daqui de casa. Você não usa mais a internet a partir de agora. Toma esse black-berry e me dá o iPhone 6.
– Como é que é? Quem você pensa que é, garota? Eu que pago as suas contas e não o contrário.
– É uma intervenção, mãe. Infelizmente. As redes sociais não precisam de você. Tava tudo ótimo até você chegar.
– Com que direito você fala isso? Que falta de respeito. Eu sou uma coração rebelde! Expresse você mesma. Não reprima você mesma!
– Você precisa é pedir desculpas pra todo mundo por ser tão tosca no Instagram, sabia? Racha minha cara.
– Mas eu sou uma inadesculpável bitch. Eu sou uma alma livre! Uma artista que se inspira em líderes de corações rebeldes como Martin Luther King, Bob Marley…
– Mãe, tu tá pagando mico no Instagram. Não sabe usar a parada, larga a parada. Isso que você está fazendo é spam, compartilhando montagem tosca de fã e agindo como se fosse uma tiazona de 50 anos na internet. O que vem depois? Vai pedir pra trocar likes com a Beyoncé? Falar “sdv” pra Lady Gaga?
– Pra quem? Oi? Como é que é?
– Desculpa. Falei o nome sem querer!
– Lola, deixa eu explicar uma coisa para você. Você nasceu ontem e talvez não saiba, mas eu sou a rainha do pop. A rainha de todas as mídias. Eu sou um coração rebelde online e offline. Essas cantorinhas aí de hoje que você gosta só fazem o que fazem porque beberam da minha água, leram do meu livro, saíram do meu suvaco cabeludo dos anos 80…

(Madonna entra no Paintbrush do seu Windows 98 e começa a colocar arame na cara da Beyoncé e do Jay Z)

– Chega! Fecha esse computador! Me dá esse telefone aqui. Vou mudar a senha do seu Instagram. Você sabia que meus amigos europeus tão dando unfollow em você?
– E seus amigos americanos?
– Só seguem aquela cantora cujo nome não posso pronunciar aqui em casa.
– Mas eles pagam pra ir ao show dela? Acham as tetas dela melhores que as minhas? Lola, eu sei o que é internet e mídias sociais, tá? Não preciso de você e nem de jornalzinho pra me criticar. Eu vou criar um Snapchat nesse fim de semana!
– Madonna, amiga, leia os meus lábios… Você. Não. Sabe. Usar. A. Internet. No começo até rolava porque você era debochada e divertida. Lembra? Fez aquele pocket-show de Music, transmitiu tudo online, foi irônica fazendo faxina no banheiro e foi tudo ótimo. Mas agora no Instagram… Mico! Você não é o Diplo, nem a Miley Cyrus. Tu num é engraçada não, fia. Tu tá enchendo a porra do saco com essas paradas de arame na cara.
– Lola, a internet é assim mesmo, querida. Eu aprendi. É a quantidade que importa. Tem que compartilhar lixo e besteira. Uma bobeirinha atrás da outra. Ninguém liga. No Brasil é assim, aqui nos EUA é assim…
– Meu amor, eu já tenho que te aturar como mãe, mas pelo menos você é a Madonna e isso me dá uma moral. E agora tu tá estragando isso também. Ninguém quer você compartilhando imagem tosca, postando foto de telefone quebrado se fazendo de vítima, dizendo que foi “estuprada” pelas músicas vazadas ou por foto não autorizada sua na internet. Entende? Não estou falando por mal… Mãe! Madonna!
– …
– Madonna, você tá me ouvindo?
– Não. Sabe o que eu estou ouvindo? Seis músicas novas maravilhosas elogiadas pela crítica e feitas por uma cantora icônica, que causou no mundo, fez história na música, abriu o mar para mulheres no pop e que continua relevante nos tempos atuais, lotando estádios, fazendo filantropia e cuidando de 29 filhos, incluindo você, que só fala francês com seus amigos europeus porque te pus na escola.
– Mãe, meu deus do céu! Que merda é essa que você postou agora?
– É a perna de uma modelo brasileira chamada Andressa Urach amarrada com fios de “rebel heart”. Ela é um coração rebelde latino-americano, Lola. Você não sabe de nada!

(* inspirado por @Madonnafanfic e The Guardian)

Comentários

Topo