Menu Papel POP

Listamos os 10 jogos mais horripilantes para você acumular pesadelos neste Halloween

Nós sabemos que vocês gostam de levar sustos. E quer jeito melhor que ligar seu videogame e botar um jogo de terror?

O Papel Pop fez uma seleção de dez jogos que podem te traumatizar muito mais do que qualquer filme nesse final de semana de Halloween. Temos zumbis, espíritos, alienígenas e serial killers nos mais variados consoles à sua disposição.

Não nos responsabilizamos por qualquer trauma que jogar esses títulos ou ver os vídeos abaixo possa causar.

10) Left 4 Dead

O survival horror da Valve tem uma história simples: Você e mais três pessoas comuns estão largados numa cidade cheia de zumbis e devem sair por aí caçando munição, arma, e objetos bem diversos para usar a criatividade e sobreviver.

Mas não é tão simples assim, alguns zumbis possuem uma infecção especial. Em particular, a Witch será a responsável por você se desesperar e morrer. é só começar a começar a ouvir seu choro para não conseguir pensar em mais nada além de correr.

Consoles: PC, Xbox 360

9) Bioshock

Você cai de um avião, acaba no meio do mar e acha um grande farol. Ao entrar nele você vai parar numa cidade submersa dos anos 50. Ao dar algumas voltas um monstro gigantesco aparece matando um cara com uma broca para salvar uma menina que estava coletando para dentro de uma mamadeira sangue de gente morta .

Agora respira que isso é só o começo. Não é possível saber como sair de lá e você está sozinho com um monte de gente deformada se matando por poderes genéticos. Mesmo que a cidade seja esteticamente linda, se prepare para muito susto e bizarrices.

Consoles: PC, Playstation 3, Xbox 360

8) Dead Space

“Dead Space” levou o survival horror a outro nível ao combiná-lo com o gênero de ficção científica. O jogador controla Isaac Clarke, um engenheiro que deve lutar contra uma infestação alienígena que transforma humanos em monstros.

O problema é que o cara é largado no espaço sozinho enquanto o lugar já está praticamente um caos. A solidão, o barulho vindo de todos os lugares, a sensação de que algum alienígena pode aparecer a qualquer momento e a pouca munição te deixam rendido o filme inteiro. Isso abre espaço para…isso mesmo! Pânico e mais desespero.

Consoles: PC, Playstation 3, Xbox 360

7) The Evil Within

O jogo da Bethesda (desenvolvedora de Skyrim) é hoje o jogo de terror da nova geração de consoles. A história é aquela coisa, um policial vai investigar um caso estranho num hospital e quando vai ver, tem vírus, coisas sobrenaturais e assassinatos. O jogo ganha ao resgatar a química criada por Resident Evil e adicionar limitações no personagem e em sua capacidade de sobrevivência.

Não fique surpreso se morrer várias vezes ao longo do jogo. Pode ser por desmembramento, perseguido por alguém com serra elétrica ou por um bando de monstros querendo arrancar sua pele. Nas principais perseguições, a vulnerabilidade do personagem deixa qualquer um à beira dos nervos.

Consoles: PC, Playstation 3, Xbox 360, Playstation 4, Xbox One

6) Slender

O bom de “Slender” é que se quiser, pode jogar agora mesmo. O jogo é simples mas provoca um terror psicológico em quem se arriscar. Com câmera em primeira pessoa, o objetivo é encontrar 8 páginas que pertenciam à uma vítima da lenda urbana Slenderman. Não há armas, o ambiente é uma floresta escura e só há uma lanterna com pilhas.

Conforme as páginas são encontradas, o assassino começa a te perseguir mais e mais, a música vai ficando mais intensa e a lanterna começa a falhar. Receita para o desastre, não?

Consoles: PC, OS

5) Eternal Darkness

Eternal Darkness tem um quê de ” The Evil Dead”, clássico do diretor Sam Raimi. No jogo, Alex começa a investigar a morte de seu avô e encontra um livro feito de ossos, carne e pele que pode ser um perigo para a humanidade.

Conforme a personagem lê o livro, ela começa a passar por todas as insanidades do pessoal descrito no livro, que são controlados pelo jogador. Passar por todas as loucuras que estão no livro dá o toque assustador do jogo. Todos os personagens passam por várias alucinações perturbadoras, são atacados por entidades estranhas e perdem a força. O desafio é sobreviver vivendo uma tortura psicológica durante todo o jogo.

Consoles: GameCube

4) Resident Evil Remake

Obviamente a bíblia dos jogos de terror está entre os cinco melhores de nossa lista. Resident Evil foi o jogo que ditou a fórmula para juntar zumbis, sustos, tiroteio, claustrofobia e tensão e colocar tudo isso à disposição de um jogador.

A famosa infestação de zumbis em Raccoon City causada pelo T-vírus ganhou um relançamento para Gamecube em 2002. Agora o jogo ganha uma outra versão no começo de 2015 para os novos consoles.

Consoles: GameCube

3) Silent Hills (Demo)

Silent Hills está em nosso terceiro lugar e nem foi lançado ainda. Sabe o porquê? O vídeo acima se trata apenas de uma demonstração jogável e já está deixando todo mundo com pesadelos.

Se você tem um Playstation 4, pode baixar a demo à vontade, mas não nos responsabilizamos por futuros traumas. Na prévia, você explora uma casa com um visual tão realista que colabora ainda mais para a terrível imersão. Cada vez que você explora um quarto, algo na casa inteira muda, e não espere por algo bonitinho.

O vídeo mostra a reação de uma jornalista do site Gamespot ao jogar a demo. O jogo completo ainda não tem data de lançamento.

Consoles: Playstation 4

2) Fatal Frame 2

As desenvolvedoras japoneses tem o dom de fazer um terror que foge das chuvas de balas que dominam os jogos ocidentais. Fatal Frame 2 é a maior prova disso.

Mio e Mayu são irmãs gêmeas. Um dias elas se perdem e vão parar numa aldeia abandonada habitada por espíritos, alguns inofensíveis e outros querendo matar as meninas. As garotas encontram uma câmera antiga chamada “Camera Obscura” capaz de ver os espíritos e assim eliminá-los.

Tem coisa mais assustadora do que ser uma menina frágil que precisa ver um cenário tenebroso através de uma câmera para encontrar espíritos no escuro? Não.

Consoles: Playstation, Xbox, Wii (relançamento)

1) Silent Hill 2

Silent Hill 2 é uma versão melhorada de seu predecessor. Igual antes, um personagem aleatório se perde e cai  no vilarejo mal-assombrado com monstros beirando ao absurdo de assustadores e, quando aparece alguém normal, tem tendências assassinas e bizarras.

O jogo é uma obra prima do survival horror. Enquanto que na maioria dos casos o personagem está armado e deve enfrentar diversos monstros, em Silent Hill 2 o personagem está tão amedrontado quanto você e nada pode fazer para se ajudar. A trilha sonora também merece ouro, já que é moldada nos mínimos detalhes para causar uma imersão no jogador para dentro do ambiente claustrofóbico. É a formula perfeita para ter susto atrás de susto.

Consoles: PC, Playstation 2, Xbox, Playstation 3, Xbox 360

Comentários

Topo