Menu Papel POP

Daniel Radcliffe diz que se tornou alcoólatra para lidar com a pressão pós-Harry Potter

Lidar com a pressão após o fim da saga Harry Potter não foi nada fácil para Daniel Radcliffe. Segundo o The Guardian, o ator confessou ao Sky Arts que começou a abusar do uso de bebidas alcoólicas para dar conta de tamanho sucesso.

“Aquilo não estava me fazendo feliz como eu queria. Eu tinha a pressão de viver com pensamentos como: ‘e se essas pessoas que dizem que eu não terei uma carreira estiverem certas? E se elas rirem de mim quando eu for parar em uma lista de atores sumidos?’”, disse.

“Eu não me beneficiava em nada por beber”, disse Daniel, que largou o vício ainda em 2010, no período em que ainda interpretava Harry nas telonas.

Ele ainda contou que se isolava em seu apartamento por dias, pois não sabia o que fazer:

“Eu vivia com medo de quem iria conhecer, do que eu poderia dizer a eles e o que poderia ser feito depois disso. Então, ficava no meu apartamento por dias, bebendo sozinho. Eu era um recluso aos 20 anos e isso é patético, não era eu. Sou divertido, educado, mas o álcool me tornou rude.”

Após os oito filmes da saga Harry Potter, Daniel fez teatro, a série “A Young Doctor’s Notebook”, protagonizou o filme de terror “A Mulher de Preto” e atualmente está em cartaz em “Versos de Um Crime”.

“As pessoas não me chamam mais de Harry Potter, elas sabem o meu nome, o que é incrível, mas sempre creditarei as minhas oportunidades à Harry Potter. Eu não seria uma pessoas feliz hoje se fosse amargurado sobre aqueles dez anos da minha vida.”, finalizou.

Comentários

Topo