Menu Papel POP

Dicas de livros e HQs que foram adaptados para as séries da atualidade

Muitas vezes a gente vê um seriado e nem sabe que é baseado em um livro. Outras, como é o caso de “Sob a Redoma” de Stephen King, a gente até sabe, ama e já leu o livro e fica ansioso para ver um seriado quando descobre que a história irá parar na TV. Mas nem sempre o seriado é tão bom quanto o livro (como é o caso de “Sob a Redoma” novamente).

Foi inspirado neste livro ótimo que nós resolvemos trazer outras obras literárias e em quadrinhos que são ótimos e já foram levadas para a TV recentemente.

“Sob a Redoma”

sob-a-redoma

A série “Under the Dome”, que está prestes a iniciar sua segunda temporada, é baseada no livro “Sob a Redoma”, do gênio Stephen King.

O livro fala sobre uma misteriosa redoma ou cúpula que de repente isola a cidade Chester Mill, impedindo a entrada/saída e causando acidentes com quem tentasse atravessá-la. Alguns cidadãos se unem para sobreviver às circunstâncias, enquanto o político Big Jim fará de tudo para se manter no poder.

Na série, apenas essa ideia inicial foi mantida. Novos personagens foram criados, personagens do livro ignorados e “Under the Dome” vai tentando cada vez mais se distanciar do livro, o que, sinceramente, é uma pena. Por isso siga nosso conselho: leia o livro. Nem precisa ver o seriado.

“The Walking Dead”

TheWalkingDead01WizWorldPortland2013.indd

A ótima série “The Walking Dead” é baseada em quadrinhos homônimos de Robert Kirkman, que começaram a ser lançados em 2003. A popularidade veio com a série, mas os quadrinhos merecem uma atenção própria, já que possuem alguns acontecimentos diferentes da versão televisiva.

Para nossa sorte, desde 2012 os quadrinhos começaram a ser impressos no Brasil. Além disso, para alegrar ainda mais os fãs de literatura, os HQs inspiraram a série e a série inspirou livros! Sim, além dos quadrinhos temos também livros de “The Walking Dead”, que, inclusive, ganharam novas sequencias. A gente gosta do seriado apesar dele vacilar algumas vezes e ficar monótono. Mas as HQs garantem um ritmo bem mais legal.

“As Crônicas de Gelo e Fogo”

gelo-fogo

Essa indicação é a mais óbvia – e também obrigatória. Talvez o maior motivo de sucesso da série “Game of Thrones” seja a fidelidade com a saga literária “As Crônicas de Gelo e Fogo”, de George RR Matin.

Vale muito a pena ler todos os livros pelo simples motivo de que é tão genial quanto a série. Além disso, a série nos deixa desejando mais a cada episódio, e o  livro sacia essa nossa vontade. A saga está no quinto volume de deve ir até o sétimo.

Sem falar que você pode ficar sabendo o que vai acontecer antes de muita gente e espalhar spoilers pelo mundo. Hahaha! No caso de “Game of Thrones”, não tem porque escolher se o seriado ou o livro é melhor. Ambos são sensacionais.

“Arqueiro Verde”

arqueiro-verde

As aventuras dos quadrinhos de Arqueiro Verde, da DC Comics, foram adaptadas para a TV na série “Arrow”. Claro que a gente ama ver a série por causa dos atores, mas a história de Oliver Queen é muito interessante e deve ser lida.

“Os Diários de Carrie” e “O Verão e a Cidade”

carrie

A série “The Carrie Diaries” foi originada a partir de dois livros de Candace Bushnell, a criadora da Carrie e de “Sex and the City”, “Os Diários de Carrie” e “O Verão e a Cidade”. Ambos os livros têm muito mais pessoas e acontecimentos legais que na série. Para quem é órfão da Carrie Bradshaw de “Sex and the City”, vale a lida.

“My Fat, Mad Teenage Diary”

mmfdcover

Aaaaahhhhh que sensacionaaaalllll!!!!!!!! Vocês precisam ver esse seriado (que nós já falamos tanto por aqui). O livro que inspira a série britânica “My Mad Fat Diary”, infelizmente ainda não chegou traduzido.

Mas a série é tão foda que vale até se esforçar no inglês para ler. Diferente da série, que se passa no meio da década de 90, “My Fat, Mad Teenage Diary”, de Rae Earl, se passa no final dos anos 80, mas a vibe é a mesma, fala sobre as dificuldades e ansiedades da adolescência, daquele jeito que só a Rae consegue descrever em seus diários.

buzzzz-rae-stupid

Concordamos, Rae!

Comentários

Topo