Menu Papel POP

Dez clipes sensacionais dirigidos por dez cineastas consagrados

É bem comum no mundo da música. Grandes cineastas, uma hora ou outra na carreira, acabam se envolvendo com o mundo da música e fazem de alguns videoclipes que são verdadeiras obras de arte. Foi uma escolha difícil. Às vezes, grandes cineastas começam a carreira em comerciais e clipes de música para depois serem consagrados na sétima arte (é o caso de David Fincher, que fez “Vogue” e muitos outros de Madonna).

Mas teve o caminho inverso também. Scorsese e Spike Lee começaram respeitados no cinema e também acabaram fazendo curtas maravilhosos para grandes artistas como Michael Jackson.

Confira abaixo a nossa lista com 10 clipes fodões dirigidos por cineastas da maior qualidade.

Tim Burton – “Here With Me”, do The Killers

Esse clipe é simplesmente incrível! Aliás, incrível é o fato de uma banda tão legal como The Killers recrutar um diretor tão fantástico como Tim Burton para seu videoclipe. Dá para ver traços bem característicos do diretor em “Here With Me”.

David Fincher – “Bad Girl”, da Madonna

O meticuloso e competente David Fincher tem ótimos clipes no currículo, como “Express Yourself” e “Vogue”, da Madonna, além de “Freedom ’90”, de George Michael, e “Suit & Tie”, de Justin Timberlake e Jay Z. Mas o mais legal de todos é “Bad Girl”, da Madge. O vídeo tem uma grande qualidade cinematográfica e a participação do ator Christopher Walken.

Martin Scorsese – “Bad”, do Michael Jackson

Em 1987, o já mestre do cinema Martin Scorsese deu seu toque especial para “Bad”, de Michael Jackson. O clássico vídeo do cantor mostra ele atuando com o jovem Wesley Snipes em preto e branco, alternando para cores na hora da música.

Gus Van Sant – “Under the Bridge”, do Red Hot Chilli Pepers

Fodaaaaaaaaa! Ainda no começo da carreira, Gus Van Sant (de “Gênio Indomável” e “Milk”), dirigiu “Under the Bridge”, clássico do Red Hot Chilli Pepers. O resultado ficou incrível! É um clipe clássico da MTV, que marcou o começo de uma das maiores bandas de rock/funk que o mundo já viu.

E o Anthony Kiedis novinho todo sexy correndo em câmera lenta com cabelos voando e sem camisa no final do clipe? Cena que marcou o coração de muitas adolescentes na época. <3

Spike Jonze – “It’s Oh So Quiet”, da Björk

O incrível diretor de “Quero ser John Malkovich” dirigiu o espetacular e alegrinho clipe de “It’s Oh So Quiet”, da Björk, que a gente ama de paixão. Mas Spike Jonze tem mais dezenas de videoclipes em seu currículo, de artistas como R.E.M., Arcade Fire, Jay Z e Kanye West.

Sofia Coppola – “I Just Don’t Know What To Do With Myself”, do The White Stripes

Sofia Coppola, The White Stripes, Kate Moss e um pole dance, quer combinação melhor que essa?

Michel Gondry – “Around the World”, do Daft Punk

Vem do diretor de “Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças” o videoclipe mais clássico do Daft Punk. Os seres e as coreografias futuristas são icônicos! E olha, taí um cineasta com dezenas de ótimo clipes na carreira. Só para dar um exemplo tem o simples e genial “Come Into My World”, da Kylie Minogue.

Heitor Dhalia – “Moon”, do Thiago Pethit

Ano passado foi divulgado o lindíssimo clipe de “Moon”, do Thiago Pethit. A direção ficou por conta do pernambucano Heitor Dhalia, cineasta de “12 Horas” com Amanda Seyfried e “Cheiro do Ralo” com Selton Mello.

Ridley Scott – “I Was Here”, da Beyoncé

Para o Dia Mundial da Humanidade de 2012, o cineasta Ridley Scott, Beyoncé e a ONU se juntaram para o tocante clipe de “I Was Here”, que mostra a diva cantando a música com projeções incríveis de problemas da humanidade.

Spike Lee – “They Don’t Care About Us”, do Michael Jackson

Por último, nem por isso menos importante, na nossa listinha está Spike Lee, que já dirigiu vários videoclipes em sua carreira. Mas um, em especial, é o queridinho dos brasileiros.

Nas ladeiras do Pelourinho, em Salvador, e em favelas do Rio de Janeiro, Spike Lee e Michael Jackson gravaram o histórico clipe de “They Don’t Care About Us”, lá em 1996.

Comentários

Topo