Menu Papel POP

Diretor criativo conta tudo sobre o álbum visual genial da Beyoncé!

MAIS SOBRE:

O diretor criativo de Beyoncé, Todd Tourso, fez várias revelações sobre a preparação do genial e mais surpreendente CD de 2013, que já vendeu mais de um milhão de cópias digitais.

Em entrevista ao site Vulture, ele falou sobre as suas estratégias para manter em segredo o álbum visual bombante “Beyoncé”, comentou também sobre o perfeccionismo de Beyoncé, as ideias da cantora e sobre as suas primeiras experiências como diretor de um videoclipe.

O segredo

Acreditem se quiser, o diretor revelou que não foi muito difícil esconder o segredo durante esses meses. Apesar de trabalhar com várias pessoas na produção dos vídeos, ele deu um jeito para ninguém sair por aí contando tudo.

“É engraçado que todo mundo surta sobre isso. Mas a triste verdade, eu penso, é que como na vida real, se você quer que seja um segredo, não conte para ninguém. Todos que estavam nos clipes sabiam que estavam num vídeo da Beyoncé e eles ficavam perguntando quando seria divulgado e nós ficávamos tipo ‘Eu não sei, talvez próximo ano, veremos’. Então eu falava ‘Oh, talvez a gente nem mesmo use o vídeo, talvez ele seja apenas deletado’. Todos estavam tão felizes de trabalhar com ela e com os diretores, que eu acho que não foi muito difícil dar esse tipo de resposta”.

Beyoncé quem manda

Todd é diretor criativo há vários anos e já trabalhou com Lady Gaga e com a empresa Polaroid. Mas durante o trabalho com Beyoncé, ele teve um novo desafio (bem cumprido, diga-se de passagem): dirigir videoclipes. “Heaven” e “Jealous” levam a assinatura dele na direção. Mas Beyoncé estava no comando o tempo todo e trabalhava desde cedo em suas ideias.

“Ela me mandou ‘Heaven’ e disse ‘eu quero filmar esse vídeo em Porto Rico, o que você acha?’, e antes que eu pudesse completar meus pensamentos, ela me mandou um roteiro que ela escreveu para o clipe, com referência de imagens e a história. Originalmente, a maior inspiração dela para a canção e para o vídeo foi ver sua mãe perder uma das melhores amigas. Então, no roteiro de Beyoncé, que estava inacreditavelmente bem detalhado e aprofundado às sete horas da manhã, esta triste canção angustiante se justapunha com visuais muito felizes, de duas meninas que são melhores amigas fazendo coisas incríveis, mas que no final do vídeo você descobre que uma delas está morta”.

O diretor criativo trabalhou desde junho exclusivamente no CD novo de Beyoncé. Ele escolhia os diretores dos vídeos e ouvia as músicas junto com a rainha do R&B para eles escolherem um conceito para os clipes, que às vezes também tinham conceitos dos diretores. Mas como todo artista perfeccionista, claro, Beyoncé diz muitos “nãos”, como Todd contou aos risos.

“Ela, na verdade, diz muitos ‘nãos’. Eu diria que diferente de todas as celebridades com quem já trabalhei, com ela a cada coisa que eu achava que era uma ideia brilhante e ela cortava ou alterava, o resultado foi um produto melhor no final.”

O resultado?

Esse trabalho conjunto dos dois deu um resultado genial. Independentemente de gostos musicais pessoais, todos temos que concordar que a estratégia do CD “Beyoncé” foi espetacular, né gente? Por favor, todos batendo palminhas para o Todd Tourso – que com certeza deu uma super guinada na carreira – e para a diva Beyoncé, claro, porque eles sambaram.

samba

Comentários

Topo