Menu Papel POP

Brunete chama Val Machiori de “cachorra” no Twitter! É briga fora da tela em “Mulheres Ricas”!

Tá rolando briga das socialites do reality show da Band, “Mulheres Ricas”, na vida real!

Depois do episódio que foi ao ar na segunda-feira, a arquiteta Brunete chamou a socialite Val Machiori de falsa e “cachorra”.

Tudo porque a amiga Brunette fez um risoto para ela e Val disse para as câmeras (sem Brunete estar por perto) que “não estava muuuito bom”.

Quando Brunete viu o programa editado em casa, xingou muito no Twitter: “Val Marchiori, que falsidade! Meu risoto é maravilhoso. Odeio-te, sua amiga da onça”, escreveu a arquiteta, que ainda chamou a colega de TV de “cachorra”.

Brunete não é a única que odeia Val. Em um vídeo feito para o site Uol, Narciza Tamborindeguy também alfineta Val Machiori e diz que dá valor para pessoas, não somente a bens materiais! “E eu também não engulo sapos! E nem frangos”, alfinetou a socialite.

Uma coisa está ficando clara com “Mulheres Ricas”: Val Machiori está se torando a vilãzinha do Brasil. Hahahaha!

Nas redes sociais, todos só comentam este link do Jornal Portal do Paraná que conta supostos podres da Valdirene.

Separei alguns trechos:

– “Valdirene ficou conhecida em Londrina quando aplicou golpes em vários empresários
e roubou uma concessionária inteira da Kia Motors, após um namoro relâmpago com o diretor financeiro da empresa”

– “dona de dois CPFs, que havia sido processada diversas vezes no Paraná e São Paulo e até afirmou em entrevistas que já freqüentou a lista negra do Serasa e SPC, conseguiu ludibriar a todos e conquistou seu espaço no High Society como gente fina em São Paulo.”

– “A loira que se diz bilionária, vive num mundo imaginário, fingindo ser uma personagem que ela mesma criou, não pode ter nada em seu próprio nome. Não possui bens e nem conta bancaria, por conta de inúmeras ações judiciais, em nome da empresa Valdirene Aparecida Marchiore S/A.”

– “Em janeiro de 2002, foi acusada de furtar um homem aplicando o golpe do “Boa Noite Cinderela”, na região de fronteira entre Brasil e Paraguai.”

E por aí vai

Comentários

Topo