Menu Papel POP

O tema do próximo MET Gala é cafona mas com glamour

MAIS SOBRE:

Tá na Wikipedia: “Camp é uma gíria para comportamento, atitude ou interpretação exagerada, artificial ou teatral; ou ainda um adjetivo que significa algo de mau gosto, muito artificial, exagerado, “cafona” ou “brega”. Susan Sontag em seu artigo clássico Notes on Camp, de 1964, diz: o camp é comumente relacionado ao exagero, à afetação, a uma estética especial que ironiza ou ridiculariza o que é dominante”

E é justamente esse artigo de Susan Sontag (que você pode ler na íntegra aqui, em inglês) que serviu de inspiração para a escolha do tema da explosição do Instituto de Figurinoso MET do ano que vem: Camp: Notes on Fashion vai explorar “a obsessão da moda com teatralidade como reação à cultura popular”.

“Nós estamos passando por um momento extremamente camp”, afirmou o curador do instituto Andrew Bolton ao New York Times. “Sendo pop camp, queer camp, high camp ou camp político — Trump é uma figura muito camp — eu acho que é bastante oportuno”.

A exposição será dividida em duas partes. Uma vai se focar nas origens do camp, a outra nas interpretações dos designers modernos, com 175 objetos, incluindo pinturas, ilustrações, esculturas e, claro, roupas — e ela estreará no dia 06 de Maio de 2019 quando, olha só, acontece o MET Gala, o que significa fotos maravilhosas de celebridades usando as roupas mais espalhafatosas e lindamente horríveis do mundo. :D

O MET Gala, aliás, terá Lady Gaga, Harry Styles, Serena Williams e Anna Wintour como ANFITRIÕES do evento — e se você já viu alguma dessas pessoas vestidas em suas apresentações públicas, sabe exatamente o motivo pelo qual eles foram escolhidos. :D

SÓ VEM, GALERIA DE FOTOS!

Comentários

Topo