Menu Papel POP

Produtor diz que casal gay foi principal inspiração para Ênio e Beto, de Vila Sésamo <3

Este post não contém tags.

Aaaaa, gente, que fofura! Durante uma entrevista para o site de cultura LGBT, Queerty, o ex-roteirista Mark Saltzman, que trabalhou na produção de mais de sessenta episódios do clássico programa Vila Sésamo, disse que a dupla de fantoches Ênio e Beto foi inspirada em uma história de amor gay.

A internet já se questionava (e shippava os dois) há bastante tempo, mas a confirmação só veio agora. Quem era a força motriz dos scripts era a própria relação do roteirista com o editor de filmes, Arnold Glassman.

Segundo ele, esta era a principal forma de idealizar rapidamente os diálogos entre os personagens:

“Não tinha outra maneira de contextualizá-los. Mais de uma pessoa se referia a mim e a Arnold como Bert e Ernie (nomes dos personagens originalmente em inglês).”

Mas, como nem tudo são flores, a notícia não agradou a todo mundo. Em uma nota, a associação Sesame Workshop, responsável pela emissão do programa, explicou que os personagens não tem qualquer orientação sexual e que continuam sendo “melhores amigos”.

“Mesmo que eles sejam identificados como personagens masculinos e tenham muitos traços e características humanas (como a maioria dos Muppets da Vila Sésamo), eles continuam sendo fantoches e não têm uma orientação sexual”.

No Brasil, o desenho começou a ser exibido em 1972 e ainda hoje é considerado um dos maiores clássicos da infância. E aí, você continua shippando?

 

Comentários

Topo