Menu Papel POP

Anitta diz em show: “Quem faz tudo que eu faço não pode apoiar preconceito e machismo”

MAIS SOBRE:

Durante uma apresentação em Franca, interior de São Paulo, nesta sexta-feira (21), Anitta disse que se sentiu triste com a repercussão dos comentários relacionados a sua falta de posicionamento quanto à atual situação política do país.

Segundo a cantora, que usava um figurino com as cores branco e lilás, marca do movimento Mulheres Contra Bolsonaro, quem faz um trabalho como o dela jamais pode apoiar preconceito e machismo.

“Acabei de tocar uma música que eu tô rebolando com a roupa toda enfiada, e as pessoas falam que eu tô apoiando gente machista. Essa não sou eu, gente!”.

Anitta ainda falou sobre a importância de se ter responsabilidade com determinadas questões quando se assume um lugar de destaque na sociedade.

“Não é uma hashtag, um posicionamento que vai significar toda uma vida que a gente trabalha e que a gente faz. As nossas atitudes falam muito mais do que qualquer coisa. Não coloquem na minha boca coisas que eu nunca faria”.

Assista ao vídeo:

Comentários

Topo