Menu Papel POP

Pink e Avril Lavigne defendem Kesha em processo movido por Dr. Luke por difamação

O caso Kesha X Dr. Luke continua sendo um assunto delicado e envolvido cada vez mais gente. Nesta semana, Pink e Avril Lavigne apresentaram declarações formais perante a Justiça defendendo a colega em um processo movido pelo produtor. Na ação em questão, Kesha é acusada de difamação.

Conforme consta nos documentos obtidos pelo portal The Blast, Avril e Pink declararam juramentadamente que suas decisões de parar de trabalhar com Luke não foram incluenciadas por Kesha.

Nos autos, que podem ser consultados na íntegra clicando aqui, Pink assina com seu nome de batismo, Alecia Moore. Ambas afirmam:

“A razão pela qual eu não trabalhei com o Dr. Luke desde 2006 não tem nada a ver com Kesha Sebert, suas palavras ou suas ações”.

No mês passado, Dr. Luke voltou a negar novas acusações de estupro, desta vez envolvendo Katy Perry. A denúncia teria sido feita por Kesha, em uma mensagem de texto enviada à Lady Gaga em 2016, dois anos após os incidentes consigo terem começado.

Os advogados de defesa alegam que as acusações de abuso sexual feitas pela artista são falsas e que o caso teria feito o ex-produtor perder todo o seu dinheiro e o seu trabalho.

Luke sempre negou as acusações e disse que o que foi dito por Kesha nos tribunais é “obceno e falso”. Até o momento, nem Avril, nem Pink comentaram abertamente o caso.

Comentários

Topo