Menu Papel POP

Diretor de “Guardiões da Galáxia” pede desculpas por comentários ofensivos do passado

James Gunn, diretor de “Guardiões da Galáxia”, foi ao Twitter na noite dessa quinta-feira (19), para se desculpar por comentários ofensivos, feitos anos atrás, sobre estupro e pedofilia.

Os comentários ofensivos foram descobertos em um site antigo, já desativado, e voltaram a circular nas redes sociais.

“Muitas pessoas que acompanharam minha carreira sabem que, quando eu comecei, eu me via como um provocador, fazendo filmes e contando piadas ultrajantes envolvendo tabus. Como eu já discuti publicamente muitas vezes, eu me desenvolvi como pessoa, assim como meu trabalho e o meu humor”.

 

“Não é uma questão de dizer que hoje sou melhor. Mas eu sou muito, muito diferente do que eu era anos atrás. Hoje, tento conectar meu trabalho com amor e menos raiva. Meus dias dizendo coisas só porque são chocantes e tentar ganhar uma reação sobre isso acabaram”.

 

“No passado, eu me desculpei pelo meu humor que machuca as pessoas. Eu realmente sinto muito e digo com sinceridade cada palavra das minhas desculpas”.

 

“Esta é verdade honesta e verdadeira: eu costumava fazer várias piadas ofensivas. Eu não faço mais isso. Eu não culpo o meu eu do passado por isso, mas eu gosto mais de mim e me sinto como um ser humano e criador mais completo atualmente. Amor para todos vocês”.

James Gunn estará em um painel da Disney na San Diego Comic-Con nesta sexta-feira (20).

Comentários

Topo