Menu Papel POP

Mike Shinoda teve medo de encontrar fãs do Linkin Park após morte de Chester Bennington

Vocalista, co-fundador e guitarrista do Linkin Park, Mike Shinoda está para lançar um álbum solo. “Post Traumatic” chega no dia 15 de junho e está intimamente ligado com a morte do melhor amigo dele e parceiro de banda, Chester Bennington.

Ao ETCanada, ele diz que, por um tempo, teve receio de encontrar fãs da banda após perder Chester pois sabia o peso que viria com isso:

Fiquei um pouco apreensivo sobre encontrar grupos de fãs, porque eu sabia que muitos deles chorariam, dariam pêsames e me perguntariam “Por que? Como aconteceu?” e fiquei com medo disso tudo até começar a a encontrá-los. E então percebi o quão catártico isso poderia ser para mim e aos fãs.

“A experiência deste último ano tem sido louca e quis transformar isso em música. Não só para dizer que isso aconteceu, mas também para trazer os fãs e todo mundo que esteve com a gente, guiá-los nessa jornada e mostrar como estou”, diz sobre a inspiração do novo álbum.

Shinoda também falou sobre a importância de cuidar da saúde mental. “Você quer se envolver com prevenção ao suicídio, com organizações que lidam com a depressão […] aprendi que saúde mental deve ser tratada igual saúde física.”

Chester Bennington foi encontrado morto em sua casa em Los Angeles no dia 20 de junho. O vocalista cometeu suicídio e, a partir disso, campanhas importante de prevenção começaram a ser feitas ao longo de 2017.

“Post Traumatic” será lançado no dia 15 de junho. Mike Shinoda, ao anúnciar o disco, lançou “Crossing a Line”:

Comentários

Topo