Menu Papel POP

“É apenas o começo”, diz presidente da Marvel sobre diversidade nos filmes

A atual fase da Marvel Studios vai se encerrar no ano que vem com “Vingadores 4”, mas as mudanças que filmes como “Pantera Negra” e o futuro “Capitã Marvel” trouxeram (e trarão, no caso do segundo) não só permanecerão como aumentarão.

Kevin Feige, presidente do estúdio, disse ao IndieWire que o material que está por vir será trabalhado de forma inclusiva e diversa.

“Acho que ir a diferentes lugares, diferentes gêneros de filmes, é divertido para nós. (…) Na medida em que o público continua conosco e mostra que está aberto a novas ideias, visões e modos de contar histórias, como aconteceu em todo o mundo com ‘Pantera Negra’, continuaremos a crescer e trabalhar nisso.”

“Pantera Negra” se tornou esse fenômeno cultural gigantesco que vimos e “Capitã Marvel” não só será o primeiro filme da Marvel focado em uma heroína como também tem pela primeira vez uma mulher por trás das câmeras: Anna Boden é co-diretora ao lado de Ryan Fleck.

“Acho que é apenas o começo. Creio que vocês verão mais e mais [inclusão e diversidade] na frente das câmeras, atrás delas e é isso que precisamos fazer como contadores de histórias. Há muito mais para usarmos dos quadrinhos. Certamente com o apoio de Bob Iger e Alan Horn [os chefões da Disney], queremos que esses filmes reflitam o mundo em que são feitos e sejam criados por todos os tipos de pessoas por trás das câmeras.”

Já assistiu ao longa mais recente da Marvel, “Vingadores: Guerra Infinita”? Vem ver aqui embaixo o que achamos!

Comentários

Topo