Menu Papel POP

Troye Sivan não quer ser chamado de “ícone gay” e explica o porquê

MAIS SOBRE:

Capa da edição mais recente da revista “Wonderland”, Troye Sivan deu uma entrevista dizendo que não curte ser chamado de “ícone gay” (via JustJared).

Dá para entender que ele considera que o termo engloba toda a comunidade LGBTQ, e por isso sente que não pode representar todas essas pessoas. Olha só o que ele disse:

“Eu nunca vou entender a luta de uma mulher trans negra ao crescer. O que eu posso fazer como uma pessoa com empatia? Como eu posso ajudar? É por isso que eu educadamente rejeito o termo ‘ícone gay’. Eu nunca me colocaria nesse lugar.”

Sensato, né?

Ah, aproveita aqui e veja algumas fotos que ele tirou para a revista:

Comentários

Topo