Menu Papel POP

Idris Elba elogia “Cidade de Deus”: “Ensinou ao mundo o que é autenticidade”

Michael B. Jordan não foi o único ator que usou “Cidade de Deus” como referência para seu trabalho mais atual, “Pantera Negra”. Quem também gosta bastante do filme de Fernando Meirelles é o maravilhoso Idris Elba, que revelou ao jornal O Estado de S. Paulo ter sido influenciado pelo longa brasileiro para estrear na direção em “Yardie”.

Lá no Berlinale, o Festival Internacional de Berlim, Elba falou ao jornal:

“Cidade de Deus ensinou ao mundo o que é autenticidade: aqueles rapazes e moças espelham aquele local, aquela realidade, e transportam a gente pra lá… praí pro seu país… a partir da humanidade que transbordam. Tentei seguir esse caminho.”

O ator – e agora diretor – diz isso porque “Yardie” se passa em parte na Jamaica, e Idris queria que os jamaicanos se sentissem representados ao assistirem ao filme.

“Meu maior cuidado aqui era fazer com o que os jamaicanos que vissem o filme sentissem familiaridade com o que estavam vendo. E olha que é duro prum britânico lidar com o sotaque do inglês da Jamaica. Pedia sempre que os atores fizessem cada cena duas vezes. A primeira era falada do jeito que eles falam lá. Na segunda, eu buscava uma pronúncia do inglês menos regional. Dava uma ‘inglesada’ na coisa.”

Dá só uma olhada no trailer, ainda sem legenda, de “Yardie”, com Aml Ameen, o Capheus de “Sense8”, como protagonista:

Comentários

Topo