Menu Papel POP

“Mulher-Maravilha 2” será primeiro filme a adotar novo código de conduta contra assédio

A continuação de “Mulher-Maravilha” será o primeiro filme de Hollywood a adotar o novo código de conduta contra assédio do sindicato de produtores cinematográficos dos Estados Unidos (PGA), que foi divulgado na última semana.

As “Diretrizes Antiassédio Sexual” foram desenvolvidas juntamente com o fundo “Time’s Up” e estabelecem que produtores, elenco e equipe técnica de produções cinematográficas devem reconhecer situações de má conduta dentro e fora dos sets de filmagens e, claro, ajudar a combatê-las.

“Os produtores possuem autoridade tanto no set quanto fora dele e podem ser a chave para a criação e o suporte de um ambiente de trabalho construído com respeito mútuo”, diz a declaração que abre o código.

O documento traz diversas orientações sobre o problema para uso dos trabalhadores, incluindo até mesmo leis estaduais e federais. Além disso, também serão oferecidos treinamentos antes do início da execução das produções.

O regulamento ainda fala que as denúncias de assédio sexual devem ser ouvidas com atenção e empatia, e quando isso acontecer, a equipe deverá tomar uma atitude o mais rápido possível.

A medida é uma resposta as inúmeras denuncias de casos de assédio envolvendo produtores e atores de Hollywood que surgiram nos últimos meses.

“Mulher-Maravilha 2” tem previsão de lançamento para o dia 13 de dezembro de 2019.

 

Comentários

Topo