Menu Papel POP

“Grey’s Anatomy”: Ellen Pompeo garante mais duas temporadas da série (e vai ganhar muuuito por isso)

Será que um dia “Grey’s Anatomy” vai acabar? Se depender da Ellen Pompeo, não!

A atriz, que interpreta a protagonista Meredith Grey no drama médico, assinou um novo contrato com a ABC Studios que garante pelo menos mais duas temporadas da série, ou seja, a 15ª e 16ª (via The Hollywood Reporter).

Essas fases ainda não foram encomendadas oficialmente, mas a criadora Shonda Rhimes já disse em entrevista que a série continuará enquanto Ellen quiser. Sem Meredith não dá para ter “Grey’s”.

Além disso, o contrato da atriz fará com que ela ganhe a quantia de 575 mil dólares por episódio (!!!!!!) e alguns bônus; Ellen, então, deve receber mais de 20 milhões de dólares ao ano, fazendo com que ela se torne a atriz mais bem paga da televisão aberta. Uau!

E tem mais! Com o novo acordo, a atriz será também produtora de “Grey’s Anatomy” e produtora co-executiva do futuro spin-off da série, sobre bombeiros.

Ellen abriu o jogo sobre o contrato com o Hollywood Reporter, dizendo que chegou em um ponto de sua vida onde ela está confortável em ir atrás do que merece.

“Para mim, Patrick [Dempsey, intérprete do Derek Shepherd] ter deixado a série foi um momento decisivo em termos de contrato. Eles [os executivos do estúdio] sempre poderiam usá-lo como vantagem contra mim, o que fizeram durante anos. ‘Nós não precisamos de você, temos Patrick’. Eu não sei se eles também fizeram isso com ele, porque nós nunca discutimos nossos acordos. Muitas vezes eu falei com ele para negociarmos juntos, mas ele nunca esteve interessado nisso. Em certo ponto eu pedi por 5 mil dólares a mais do que Patrick, porque a série se chama ‘Grey’s Anatomy’ e eu sou Meredith Grey. E não queriam dar a quantia para mim. E eu poderia ter saído, então por que não fiz isso? É a minha série, eu sou a número um.”

Outro momento importante para Ellen foi quando Shonda Rhimes assinou um contrato com a Netflix a fim de produzir suas novas séries para a plataforma de streaming – ela não será mais exclusiva da ABC, mas continuará trabalhando nos projetos já existentes no canal, como “Grey’s”, é claro, e “How To Get Away With Murder”.

“[Shonda] estava tão empoderada que ela era generosa com seu poder. Como era isso? Era ela me deixando ser a mulher mais bem paga na televisão, deixando eu me tornar produtora da série e produtora co-executiva da série derivada e assinando o contrato que o estúdio me ofereceu, algo que não tem precedentes. O que aconteceu foi que eu falei com Shonda: ‘Se você está indo para a Netflix e quer que a série acabe, tudo bem. Mas se você quer que a série continue, eu preciso ser incentivada. Eu preciso sentir que eu tenho poder e que eu tenho autoridade sobre a série.’ E ela respondeu: ‘Eu absolutamente quero manter a série no ar. É a nave-mãe, então vamos encontrar uma maneira de fazer você feliz. O que você quer?'”

A atriz também considerou o tempo que está na série e como “Grey’s Anatomy” a impossibilita de aparecer em outros projetos.

‘Eu não posso fazer mais nada, e criativamente isso é frustrante para mim. Eu faço 24 episódios de televisão ao ano, e como parte do acordo, não posso aparecer em outro lugar. E dirigir episódios é legal, mas honestamente, me faz ficar longe dos meus filhos.’ (…) Para mim, atuar é chato. O ator é a pessoa menos poderosa no set, então não fico procurando papéis. E na minha idade [48 anos], isso é pouco realista. Não que eu não possa fazer algo legal na TV a cabo, mas não vou ter uma segunda vida como estrela de cinema. Não sou Julia Roberts.

“Nas últimas semanas, muitas das atrizes em Hollywood têm ido a reuniões [da organização Time’s Up]. Nós compartilhamos histórias e tentamos descobrir como podemos causar a mudança e usar nossas vozes para ajudar outras pessoas. E vou lhe dizer que, estando sentada em salas cheias de atrizes vencedoras do Oscar, ouvindo a forma como elas foram assediadas, é assustador. E isso confirmou que meu caminho realmente era o certo para mim, porque eu escolhi me empoderar financeiramente, de modo que eu nunca precise me esquivar de predadores e perseguir prêmios. Não é para todos. Você precisa estar mais interessado nos negócios do que em atuar.”

Comentários

Topo