Menu Papel POP

Dylan Farrow, filha de Woody Allen, fala de abuso que sofreu do pai: “Por que eu não iria querer acabar com ele?”

Pela primeira vez, Dylan Farrow, filha de Woody Allen, concedeu uma entrevista para a televisão falando sobre suas acusações de abuso sexual contra o pai (via Variety).

A entrevista ao programa “CBS This Morning” vai ao ar na quinta-feira, 18, mas um trecho já foi divulgado pelo canal.

Dylan acusa o pai de ter abusado dela quando tinha apenas 7 anos de idade. Em uma parte da conversa, ela afirma que está contando a verdade e que “é importante que as pessoas percebam que uma vítima, uma acusadora, importa. E que são suficientes para mudar as coisas.

“Por que eu não iria querer acabar com ele? Por que eu não deveria ficar brava e magoada? Por que eu não deveria sentir um tipo de revolta depois de todos esses anos sendo ignorada, desacreditada e deixada de lado?”

No fim do vídeo divulgado, a apresentadora Gayle King pergunta por que as pessoas deveriam acreditar nela agora. Dylan responde:

“Acredito que isso dependa de cada pessoa, mas tudo o que eu posso fazer é a falar a minha verdade e esperar que alguém acredite em mim ao invés de só escutar.”

Woody sempre negou a acusação, mas a filha adotiva voltou a falar bastante sobre o assunto depois que a onda de denúncias de assédio tomou conta de Hollywood. Em dezembro, ela escreveu um artigo para o Los Angeles Times perguntando: “Por que Harvey Weinstein e outras celebridades acusadas estão sendo expulsas de Hollywood, enquanto Allen recentemente garantiu um contrato milionário com a Amazon? (…) O sistema funcionou para Harvey Weinstein durante décadas. E continua funcionando para Woody Allen.

Recentemente, os atores Timothée Chalamet e Rebecca Hall resolveram doar o cachê que receberam pelo próximo filme de Woody Allen, “A Rainy Day in New York”. Selena Gomez também participa desse longa e a mãe dela revelou que tentou convencer a filha a não participar da produção.

Comentários

Topo