Menu Papel POP

Diretor de “Corra!” não curtiu o filme ser comédia no Globo de Ouro: “O tema não é engraçado”

Apesar de Jordan Peele ter uma bagagem cômica, o seu primeiro filme, “Corra!” não se encaixa nesse gênero, mesmo usando um pouco a sátira para falar de questões raciais. Por isso, muita gente estranhou o fato de “Corra!” ter sido inscrito nas categorias “comédia/musical” do Globo de Ouro.

A decisão veio da Universal e os votantes da premiação aprovaram — eles podiam ter rejeitado a escolha, e assim “Corra!” teria que se inscrever nas categorias de drama, onde a concorrência é maior, caso ainda quisesse competir no Globo.

Peele comentou a classificação, dizendo que a decisão foi somente do estúdio e que ele não teve nada a ver com isso (via IndieWire).

“O tema do filme não é engraçado. Muitas pessoas negras vieram a mim e disseram: ‘Cara, esse é o filme sobre o qual estávamos falando faz um tempo e você o fez.’ Isso é uma coisa muito poderosa. A controvérsia vem dele ter sido colocado numa caixa menor do que merece.”

Ele continuou:

“Eu acho que o problema aqui é que o filme subverte a ideia de todos os gêneros. Chame-o do que você quiser, mas o filme é uma expressão da minha verdade, da minha experiência, das experiências de muitos negros e minorias. Qualquer um que se sinta como o outro. Qualquer conversa que limita o que ele pode ser é colocá-lo em uma caixa.”

Comentários

Topo