Menu Papel POP

Jennifer Lawrence teve momentos nada saudáveis ao namorar diretor de “Mãe!”

Jennifer Lawrence e Darren Aronofsky namoraram por quase um ano, relação que começou durante a produção de “Mãe!”. Os dois terminaram na semana passada e Jennifer Lawrence falou sobre uma experiência frustrante em namorar o diretor do seu filme.

Em entrevista, a atriz conta que ela geralmente desencana quando um trabalho dela é lançado: “Eu deixo o filme pra lá”. Mas com “Mãe!”, Aronofsky conversava com ela sobre o filme o tempo todo e a fazia ler as críticas negativas. Ela confessa que não era nada saudável.

Entrávamos em turnê [de divulgação] juntos. Quando chegava no hotel, a última coisa que eu queria falar era sobre o filme. Ele voltava da turnê e só queria falar disso. Eu entendo. É o filho dele. Ele escreveu. Ele concebeu. Ele dirigiu. Eu me esforçava para apoiá-lo e ao mesmo tempo pensar “Posso não pensar, pelo amor de Deus, sobre ‘Mãe!’ por um segundo?

E então, as coisas pioraram quando ele começou a ler as críticas negativas que o filme recebeu:

Finalmente pensei ‘Isso não é saudável, nenhum de nós está fazendo isso pois se eu lesse, ficaria na defensiva’. Principalmente porque era o meu homem. […] Alguns odiaram e quem odiou realmente odiou. Mas não é nada que precisasse ser defendido, mas se eu lesse uma crítica negativa, eu ficaria na defensiva.

O Entertainment Tonight anunciou o término dos dois na semana passada. “Fontes afirmam que os dois terminaram mês passado. Foi um término amigável e eles continuam colegas”.

Tenso, né?

Comentários

Topo