Menu Papel POP

As definições de performance no Rock in Rio 2017 foram atualizadas com Justin Timberlake

O presidente do pop está de volta ao Rock in Rio! Escondido nas sombras, Justin Timberlake começou o show com “Only When I Walk Away”, mas o público comemorou mesmo quando as luzes se acenderam e o cantor começar a cantar “Suit and Tie”.

Como é de se esperar, Justin não está aqui apenas para cantar mas para dar um show de dança. Ele é um verdadeiro performer, como podemos ver em “Future Sex”, “Like I Love You”, e o hit “My Love”, que o rock in rio inteiro sabe cantar e dançar.

Justin volta ao final da performance para pegar uma bandeira do Brasil que jogam no palco, autografa e devolve ao fã sortudo. E Ainda desce até a grade para tirar uma foto com uma garota que fazia aniversário, e ainda canta “TKO” acapella, antes de levantar o público com “Summerlove”, “Senorita” e “Let the Groove Get In”.

Depois dessa sequência, Justin perguntou se o público estava tendo uma boa noite e elogiou Alicia Keys, que se apresentou antes dele.

Outro ponto alto do show foi “Holy Grail” e “Cry Me a River”. Em seguida, Justin começou a tocar “What Goes Around” no violão e percebeu que não precisava cantar a música, deixando isso para o público enquanto ele olhava encantado para a multidão.

dia17_mundo_justin-chic_fernandoschlaepfer_ihateflash_010

A partir daí a empolgação do público e de Justin só crescia, já que em seguida veio “Can’t Stop The Feeling” (misturada com “Lovely Day”).

Mas a explosão mesmo veio com os dois últimos hits do show “Sexyback” e “Mirrors”. Ao fim
Justin Ainda pegou uma canga com a bandeira do Brasil e colocou sob seu corpo como um manto, encerrando a performance no ponto mais alto possível. Que homem, e que show, meus amigos!

Comentários

Topo