Menu Papel POP

ENTREVISTA: Vladimir Brichta e Daniel Rezende falam de “Bingo”, medo de palhaços e fama

O Bingo, esse palhaço maravilhoso, tá chegando! Nesta quinta-feira, dia 24, estreia nos cinemas “Bingo – O Rei das Manhãs”, filme nacional inspirado na vida de Arlindo Barreto, um dos intérpretes do Bozo.

O longa acompanha Augusto Mendes (Vladimir Brichta), artista que sonha em ficar famoso e ser reconhecido. Ele encontra sua chance no Bingo, um palhaço apresentador de um programa infantil que é sucesso absoluto no Brasil. Só que uma cláusula no contrato não permite revelar quem é o homem por trás da maquiagem. Ao mesmo tempo em que Augusto chega na liderança da audiência, ele mergulha em uma vida de excessos.

“Bingo – O Rei das Manhãs” é o primeiro filme dirigido por Daniel Rezende, indicado ao Oscar pela montagem de “Cidade de Deus”. Conversamos com ele para saber por que ele resolveu estrear na direção com essa história específica, e também com o protagonista Vladimir Brichta sobre sua relação com a fama.

Entre outras perguntas, aproveitamos para descobrir se os dois têm medo de palhaços – afinal, é uma coisa meio controversa, né? Tem gente que é indiferente, mas tem gente que não consegue ver um palhaço na frente.

Vem cá ver:

Assine o canal do Papelpop no Youtube para ver todos os nossos vídeos maravilhosos e saber quando saem os próximos! :D

Comentários

Topo