Menu Papel POP

ISIS assume autoria de atentado no show de Ariana Grande; suspeito é preso

MAIS SOBRE:

Na manhã desta terça-feira, 23, o grupo terrorista Estado Islâmico (ISIS) assumiu a autoria do atentado no show de Ariana Grande em Manchester, na segunda (22). O ataque deixou pelo menos 22 pessoas mortas e 59 feridas, segundo contagem mais atualizada da polícia britânica.

O comunicado, segundo a jornalista Rukmini Callimachi‏, foi publicado num dos canais de comunicação e diz que “um dos soldados do califado colocou explosivos no meio da multidão na cidade de Manchester”.

Até onde se sabe oficialmente, apenas um explosivo foi detonado na saída da Manchester Arena, onde o show ocorria.

A polícia também informou a prisão de um suspeito de 23 anos na zona sul de Manchester.

As outras informações confirmadas, de acordo com o The Guardian:

  • Das 22 mortes, duas pessoas já foram identificadas – uma garota de 18 anos e outra de 8;
  • Das 59 pessoas feridas, 12 têm menos de 16 anos;
  • A Manchester Arena disse que o incidente aconteceu “fora do local, num lugar público”, pouco depois das 22h30;
  • De acordo com pessoas presentes, uma explosão aconteceu perto da saída da arena enquanto a última música do show era apresentada;
  • Theresa May, primeira-ministra do Reino Unido, declarou: “Todos os atos de terrorismo são ataques covardes em pessoas inocentes, mas este se destaca pela covardia espantosa e repugnante, deliberadamente atacando crianças inocentes e indefesas e jovens que deveriam estar aproveitando uma das noites mais memoráveis de suas vidas”.
  • A Rainha Elizabeth II disse em comunicado: “Toda a nação está chocada pelas mortes e pelos feridos de Manchester ontem à noite que estavam aproveitando um show. Sei que falo por todos ao expressar minhas mais profundas simpatias a todos os afetados por essa ocasião horrível e especialmente às famílias e amigos dos que morreram ou foram feridos. (…)”

Comentários

Topo