Menu Papel POP

“Ela começou e tem que terminar”, diz Katy Perry sobre treta com Taylor Swift

A suposta treta entre Katy Perry e Taylor Swift não é mais suposta! Katy esteve no quadro “Carpool Karaoke” do James Corden, exibido na noite de segunda-feira (22), e não se esquivou do assunto, confirmando a rixa e dando sua versão do ocorrido.

De acordo com Katy, “é verdade. Honestamente, [Taylor] começou e está na hora dela terminar com isso”.

“É sim sobre dançarinos. É tão maluco! Há três dançarinos que saíram em turnê com ela, certo? E antes deles irem, eles me perguntaram se estava tudo bem. Eu disse ‘É claro, não estou trabalhando no momento, vão trabalhar, ela é ótima’ e tudo isso. ‘Só que eu irei começar um ciclo de divulgação de um álbum em provavelmente um ano, então coloquem em seus contratos uma cláusula de contingência de 30 dias para que vocês possam sair e se juntar a mim se quiserem quando eu voltar’. Então aquele ano chegou e eu mandei mensagem para todos eles, e eles disseram ‘OK, vamos falar com os empresários’. Eles falaram, e então foram demitidos. E eu tentei falar com [Taylor] sobre isso, e ela não conversava comigo.”

Ela continuou:

“Eu tento fazer a coisa certa sempre que acontece alguma confusão. Ela não me respondeu e depois escreveu uma música sobre mim. E eu pensei ‘OK, legal’. É assim que você quer lidar com isso? Karma! O que eu quero dizer é que estou pronta para que essa isso tudo termine. Mas… que há a lei de causa e reação. Você faz alguma coisa e vai haver uma reação, e confie em mim, papai, vai haver uma reação. Tudo se resume ao karma, certo? Mas eu estou do lado do amor! Pessoalmente, eu penso que as mulheres juntas vão melhorar o mundo.”

No fim, Corden ainda pergunta: “Se você recebesse uma mensagem da Taylor Swift pondo fim a isso, seria o suficiente?”, no que Katy respondeu: “Sim. Com certeza. 100%”.

Aparentemente essa explicação dos dançarinos foi cortada da versão que foi para ao ar, porque a íntegra do programa é esta abaixo:

Epa! Qual será a resposta de Taylor, hein? Será que ela ficará em silêncio ou dará sua versão do caso?

(via Vanity Fair)

Comentários

Topo