Menu Papel POP

Depois de “Riverdale”, Warner Bros adaptará mais histórias da Archie Comics para a TV

A série “Riverdale” mal estreou e já está dando frutos. Segundo o The Hollywood Reporter, a Warner Bros. Television fechou um acordo exclusivo com a editora de quadrinhos Archie Comics para desenvolver mais conteúdos originais e séries baseados no catálogo de personagens e histórias da empresa.

De acordo com o CEO da Archie Comics, Jon Goldwater, o contrato permite que tramas fora do universo da “Turma do Archie” (no qual “Riverdale”, exibida no canal CW, é baseada) possam ser adaptadas, como os quadrinhos da pin-up Katy Keene e os super-heróis do selo Dark Circle Comics.

Goldwater continuou (via ComicBook):

“Durante anos, as pessoas têm dito ‘Uau, a Archie Comics está arrasando. Eles são destemidos. Eles estão tentando coisas novas’. Estávamos redefinindo a marca por ser ousada e, ao mesmo tempo, por manter a integridade dos personagens. Contanto que Archie seja Archie e seus amigos sejam fiéis às suas morais, você pode fazer qualquer coisa com eles. Foi isso que realmente abriu os olhos das pessoas para o potencial deles, e é um caminho direto para onde estamos hoje, que é ter a série ‘Riverdale’ na CW e um novo acordo com a Warner. O céu é o limite aqui.”

Esse esquema deve ser o mesmo que a Warner Bros Television tem com a DC Comics, que rendeu séries na CW como “Arrow” e “The Flash”, “Gotham” na Fox e “Powerless” na NBC.

“Riverdale” teve seu primeiro episódio exibido no Brasil na Warner Channel nesta segunda-feira, e está no terceiro episódio nos Estados Unidos. A história é inspirada nos personagens dos quadrinhos da “Turma do Archie” e ainda conta com Josie e as Gatinhas, de outra HQ da empresa.

A série foca num assassinato que preocupa e envolve toda a cidadezinha-título, incluindo Archie Andrews (KJ Apa), Betty Cooper (Lili Reinhart), Veronica Lodge (Camila Mendes) e Jughead Jones (Cole Sprouse).

Roberto Aguirre-Sacasa, criador de “Riverdale” e atual diretor criativo da Archie Comics, falou recentemente sobre a possibilidade de incorporar “Sabrina, Aprendiz de Feiticeira” no programa – ela surgiu nas publicações da editora!

Comentários

Topo