Menu Papel POP

Francis Ford Coppola está buscando financiamento coletivo para jogo de “Apocalypse Now”

Olha só que interessante: o cineasta Francis Ford Coppola está a fim de fazer um jogo baseado em seu clássico filme “Apocalypse Now” (1979), e ele quer a nossa ajuda (via The Hollywood Reporter).

Mas como assim? É que por meio de seu estúdio American Zoetrope, Coppola criou uma campanha no site de financiamento coletivo Kickstarter para conseguir grana para financiar o projeto. O objetivo é arrecadar US$ 900 mil até o dia 24 de fevereiro — essa quantia é equivalente a versão para PC. Segundo o Gematsu, se o projeto conseguir US$ 2,5 milhões, ele terá versões para PS4 e Xbox One. Se US$ 3 milhões forem alcançados, também haverá uma edição em realidade virtual (VR).

Segundo o site da campanha, o estúdio pretende co-produzir o jogo ao lado de “veteranos da indústria de entretenimento e games”, como Rob Auten (de “Gears of War” e “Battlefield”), Lawrence Liberty (de “Fallout: New Vegas” e “The Witcher”) e Montgomery Markland (de “Wasteland 2”), entre outros.

Descrito como “um RPG imersivo e de terror psicodélico”, o jogo tem lançamento previsto só para outubro de 2020, então caso a campanha consiga dinheiro suficiente, ainda vai demorar um pouquinho.

O plano é possibilitar ao jogador controlar o Capitão Benjamin Willard em sua missão de encontrar e matar o Coronel Kurtz, assim como é a história do filme (inspirado no livro “O Coração das Trevas”, de Joseph Conrad). Só que diferentemente do longa, o jogador terá liberdade de explorar outros caminhos e tramas em meio à Guerra do Vietnã.

apocalypse 1

(essa é uma imagem do material já produzido)

Há um vídeo do próprio Francis Ford Coppola falando sobre a idéia no site. Ele diz:

“Quarenta anos atrás, eu comecei a fazer um filme de arte pessoal que poderia influenciar gerações de telespectadores pelos anos seguintes. (…) Hoje, estou junto de novos destemidos, um time que quer fazer uma versão interativa de ‘Apocalypse Now’, onde você comanda o Capitão Benjamin Willard no meio do cenário hostil da Guerra do Vietnã. Tenho visto videogames se transformarem num meio significativo de contar histórias, e estou animado para explorar as possibilidades de ‘Apocalypse Now’ em uma nova plataforma e para uma nova geração.”

apocalypse 2

A gente quer jogar issoooooooo!

Comentários

Topo