Menu Papel POP

Bono Vox é o primeiro homem a entrar na lista de mulheres do ano da Glamour (oi??)

MAIS SOBRE:

Bono Vox se tornou o primeiro homem a ser indicado à lista de Mulheres do Ano da revista norte-americana Glamour.

A notícia causou uma certa controvérsia, mas a editora-executiva da publicação, Cindi Leive, explicou o motivo dessa escolha.

“A possibilidade de incluir um homem na premiação de Mulheres do Ano sempre esteve presente, mas havia sido posta de lado – homens ganham muitos prêmios, podemos deixá-los de fora dessa. Porém, essa mentalidade começou a ficar defasada. Existem tantos homens fazendo coisas maravilhosas pelas mulheres hoje em dia”.

* Emma Watson faz um discurso empoderador incrível sobre violência sexual em universidades
* Emma Watson e Selena Gomez estrelam campanha de empoderamento feminino

 

A organização One, do Bono Vox, luta pela igualdade de gênero e ao melhores condições de vida. Em 2015, o cantor criou a campanha “Pobreza é Sexista”, que visa ajudar mulheres de baixa renda que não acesso à educação ao redor do mundo.

De acordo com a One, 1 bilhão e meio de mulheres são analfabetas, e que as adolescentes respondem por 74% de novos casos de infecção pelo vírus HIV na África.

“A ideia de que um homem como Bono escolhe lutar diariamente por uma causa em prol das mulheres é sensacional e merece nossos aplausos”, contou a editora.

Apesar das explicações de Cindi e do trabalho que Bono exerce, visando o bem estar feminino, a nomeação causou uma reação negativas nas redes sociais.

No Twitter e no Facebook, diversos usuários comentaram sobre o ocorrido.

Comentários

Topo