Menu Papel POP

Vanessa da Mata, Gaby Amarantos e Céu trazem muito samba ao encerramento das Paralimpíadas

Acabaram as Olímpiadas e hoje (18/09) chega ao fim os Jogos Paralímpicos. A cerimônia de encerramento está acontecendo desde às 20 horas, com transmissão da TV Brasil, TV Cultura e SporTV.

Os Batuqueiros do Silêncio e Gaby Amarantos deram início ao evento, com direito a muito samba e animação. Em seguida, o próprio Google Tradutor apresenta o evento em inglês e português, ficou bem interessante e moderninho.

Depois do samba, fomos dominados por um show de rock e frevo com Armandinho, Andreas Kisser e músico Johnatha Bastos, que toca guitarra com os pés.

Antes da entrada das delegações dos países, o Estádio do Maracanã tornou-se um só na voz de Saulo Lucas cantando o Hino Nacional do Brasil. Foi lindo e muito emocionante!

Assim que os atletas entravam o estádio ganhava as cores de cada país participante da competição.

As apresentações musicais continuaram com a Nação Zumbi celebrando a biodiversidade no palco da Paralimpíada 2016. Além de celebrar a diversidade, o evento também trouxe ao público a preocupação com a fauna e flora do Brasil.

A banda Nação Zumbi tocou os hits “Maracatu Atômico”, “Quando a Maré Encher” e “A Praieira”.

Vanessa da Mata homenageia a sambista Clara Nunes cantando “Conto de Areia”. Toda trabalhada na renda e nas luzes de led, a cantora inundou o Maracanã com um sambinha muito bom.

Depois do lindo tributo, Vanessa cantou suas próprias músicas: “Por Onde Ando Tenho Você”, a conhecidíssima “Ai, Ai, Ai” e “xxx”. Ela arrasou!

Em seguida, a cantora Céu trouxe o “Baião da Penha” do ícone Luiz Gonzaga ao palco das Paralimpíadas. Toda linda, com um vestido do Ronaldo Fraga, ela fez uma mistura maravilhosa de cordel e samba na apresentação de “Varanda Suspensa”.

Céu também cantou arriscou a bossa nova do Marcos Valee com a música “Os grilos”. Que moça talentosa, ela canta de tudo.

Depois de homenagens das Paralimpíadas, foi a vez de Saulo Fernandes, que era da Banda Eva, trazer seu axé pro palco da celebração. Ele cantou “Beija-flor”, do Timbalada, e animou ainda mais o público presente.

E a maravilhosa apresentação de “Te esperando na janela”? Gilberto Gil representado pela voz do Saulo. Essa música ficará na cabeça para melhorar a segunda-feira! Para fechar, o cantor trouxe o “Juazeiro”, do Luiz Gonzaga.

A cerimônia de encerramento continua, gente! Ainda teremos show da Ivete Sangalo e Nego do Borel.

Comentários

Topo