Menu Papel POP

Karol Conka sobre primeira vez no Lollapalooza: “É uma conquista para as mulheres do rap nacional”

MAIS SOBRE:

Já que é pra tombar, tombamos com a Karol Conka. Hahaha! Cheia de atitude ela conquistou seu lugar no rap nacional, e pela primeira vez vai se apresentar no Lollapalooza.

A curitibana já mostrou todo seu talento com os hits “Tombei”, “É o Poder” e “Marias”. Não temos dúvida de todo seu potencial e o sucesso do seu álbum de estreia, “Batuk Freak”, só comprovou isso.

Karol estourou em 2014 com “Tombei”, em colaboração com Tropikillaz, desde então ela vem somando parcerias com outros artistas, como Projota e Boss in Drama.

Além disso a rapper também é ativista, e defende os direitos feministas e da cultura negra. Ela não só canta, mas mostra também sua posição politica no empoderamento de mulheres negras.

karol-conka-2

Karol conversou com o Papel Pop essa semana e contou sobre expectativas para o Lollapalooza, novo álbum e Beyoncé.

Papel pop: Pela primeira vez você vai cantar no Lollapalooza. Está muito nervosa?

Karol Conka: Não, eu estou muito animada e ansiosa. Acho que vai ser bem legal. É uma conquista não só para mim, mas também para todas as mulheres do rap nacional.

Vai rolar alguma surpresa no show?

O show terá novidades, como meu percursionista que trabalhou comigo em minha turnê europeia. Eu achei interessante a ocasião, trazê-lo de Paris para cá, ele é brasileiro e chama Guilherme Alves. Ele toca muito, eu acho que a energia dele bate muito com a minha e é válido mostrar isso para o público.

E quais bandas vocês quer ver no Festival?

Mumford and Sons, Florence + the Machine e Tame Impala.

Será que a gente vai poder ouvir alguma música nova nesse show?

Eu vou tocar uma música nova e tá rolando a gravação de outra, talvez eu cante no Lollapalooza, depende da produção. Mas eu vou cantar “Batuk Freak”, meu único álbum e os últimos lançamentos.

Falando em música nova, quando que sai o CD novo?

Meu CD está para sair em maio e junho, ainda não sei a data certinha.

Vimos uma foto sua com a MC Carol no Instagram, o que que a gente pode esperar dessa parceria?

Vamos fazer uma música juntas, além da participação da MC Carol terão outros artistas. Era uma surpresa, mas como eu tirei foto com ela acabei estragando. (risos)

Quais as influências do seu novo trabalho?

Eu não costumo me inspirar em artistas para fazer um álbum, gosto de ir na loucura. Me inspiro no dia a dia mesmo, gosto de ouvir muitas músicas e descobrir novas criações.

Nas redes sociais, você é bem ativista pelo empoderamento das mulheres e dos negros, então eu queria saber o que você achou do clipe novo da Beyoncé, “Formation”.

Achei que esse clipe foi um tapa na cara do mundo. Como uma superstar ela precisa usar o seu posicionamento para quem quer falar e não é ouvido. Esse clipe, (Formation) além de ser uma realidade constante, dá uma despertada nas pessoas. Todos começam a prestar mais atenção nesse assunto.

Falando em redes sociais, qual sua relação com Instagram e Twitter?

Eu gosto e sou meio viciada. Eu gosto de ler os comentários, dar minha opinião também, e algumas retrucadas nos engraçadinhos que ficam achando que minha página é bagunça.

Karol Conka se apresenta no Lollapalooza 2016 no domingo, dia 13 de março. Para mais informações acesse o site do festival.

Comentários

Topo