Menu Papel POP

Após polêmica racista sobre Zendaya, Kelly Osbourne deixa o “Fashion Police”

Kelly Osbourne é conhecida nos últimos cinco anos como membro do “Fashion Police” da E! Entertainment. A filha do príncipe das trevas Ozzy Osbourne deixou o programa na noite de sexta-feira (28), e isso pode ter envolvido uma polêmica racista durante o Oscar 2015.

A saída foi anunciada por meio de comunicado da E!:

“Kelly Osbourne deixou o programa “Fashion Police” para seguir outras oportunidades, e o E! gostaria de agradecê-la for sua contribuição para a série nos últimos cinco anos, período em que o programa se tornou um hit entre os telespectadores.”

Porém, tudo indica que a saída de Kelly foi motivada pela polêmica envolvendo o programa e Zendaya.

Durante a cerimônia do Oscar, Giuliana Rancic, co-apresentadora do “Fashion Police” disse que a atriz aparentava ter usado óleo de Patchouli por causa de seus dreads. Outra apresentadora teria dito “Ou maconha”, e a culpa caiu sobre a Kelly…

87th Annual Academy Awards - Arrivals

Esse é o look, ela estava maravilhosa!

A apresentadora, que afirma ser amiga de Zendaya, até teve que se pronunciar no twitter sobre o caso:

“Eu não fiz o comentário sobre maconha. Eu não tolero racismo e como resultado eu estou pensando seriamente sobre continuar no show!”, disse Osbourne.

Zendaya não deixou barato. Óbvio que ela se sentiu ofendida com o comentário e tratou de dar um belo discurso sobre intolerância e racismo:

Uma foto publicada por Zendaya (@zendaya) em

“Há uma linha tênue entre o que é divertido e o que é desrespeitoso. Alguém disse uma coisa sobre meu cabelo no Oscar que me deixou incrédula. Não porque eu estava adorando os elogios, mas porque fui atingida com ignorância e puro desrespeito. Dizer que uma garota de 18 anos com dread locs deve parecer que usou óleo patchouli ou maconha não é apenas um grande esteriótipo mas absurdamente desrespeitoso. […] Você deve saber que meu pai, irmão, melhor amigo de infância e primos usam locs. Quer saber o que Ava DuVernay (diretor do filme “Selma”), Terry McMillan (autor), Vincent Brown (Professor de africanos estudantes da Universidade de Harvey) […] e todos os outros homens, mulheres e crianças de todas as raças tem em comum? Locs. E nenhum parece usar maconha […]”, disse ao longo do texto.

No dia seguinte ao Oscar, Giuliana Rancic tentou consertar a situação pedindo desculpas:

“Querida @Zendaya, desculpe-me se ofendi você e outros. Eu estava me referindo a um look boêmico chic. Não teve nada a ver com raça e nunca teria!!!”, disse.

Boêmico chic? Amiga, não tem como te defender!!!!

Kelly Osbourne virou o “orgulho da mamãe” Sharon por não deixar essa história barata e deixar o programa:

“Estou tão orgulhosa de você. Você nunca pode ser comprada. Você sempre leva seu coração nas mangas”.

Apesar de todos esses conflitos, nem Kelly Osbourne e nem a E! Entertainmet confirmam o motivo da saída. O “Fashion Police” volta a ser transmitido no Brasil dia 30 de março, às 21h e por enquanto a apresentadora não foi substituída.

Comentários

Topo