Menu Papel POP

Os 10 melhores clipes de 2013

Esse ano foi cheio de clipes bombantes, principalmente porque quase todos os cantores pop resolveram lançar álbuns novos, e com eles vem singles e vídeos lindos.

Nós resolvemos listar aqui os 10 melhores clipes que nós vimos neste ano, foi um trabalho difícil escolhê-los pois, tivemos que fazer muitos cortes, mas segue o resultado:

10. “Just Give me a Reason” – Pink feat. Nate Russ

Um dos melhores duetos do ano recebeu um dos clipes mais bonitos de 2013. O cenário simples do colchão perdido no meio da água representa muito bem a letra da música que fala sobre um casal em crise. Ao lado de Nate Russ do Fun., Pink mais uma vez mostrou sua grande competência em produzir clipes lindos e fortes

9. “Save Rock and Roll: The Young Blood Chronicles” – Fall Out Boy

OK, é mais de um clipe aqui, mas vale como um só, pois o Fall Out Boy resolveu fazer algo diferente neste ano. A banda voltou com o álbum “Save Rock and Roll” e criou 11 clipes para as 11 faixas do disco, transformando-as praticamente em uma websérie. Em cada vídeo de “The Young Blood Chronicles” eles mostram um episódio de uma história em que os membros da banda são torturados, sequestrados e sofrem nas mãos de vários bandidos, tudo para proteger uma maleta que emana uma luz dourada. Até o momento eles já lançaram 7 clipes que contam com participações especiais como 2 Chainz, Big Sean e Foxes, e agora queremos ver como vai terminar esta história.

8. “Clarity” – Zedd feat. Foxes

Com dois belos cenários, um grande deserto e uma cidade, Zedd transformou o seu hit em uma ótima experiência gráfica. Usando explosões e batidas ele também conseguiu de forma inusitada transformar a vibração dos seus sons eletrônicos em imagens lindas.

7. “Afterlife” – Arcade Fire

O belo e emocionante clipe do Arcade Fire é praticamente um filme. “Afterlife” tem quase oito minutos e apresneta três homens latinos da mesma família, com idades bem diferentes. Em uma noite, o clipe acompanha a história deles, os sonhos e os segredos. E é exatamente quando eles sonham que acabam se encontrando com uma mulher, a matriarca dessa família, que já morreu.

6. “Can’t Hold Us” – Macklemore & Ryan Lewis

Em 2012, Macklemore & Ryan Lewis nos presentearam com os ótimos “Trift Shop” e “Same Love”. No começo do anos eles lançaram o clipe de “Can’t Hold Us” que é mais uma viagem visual. Nós passamos pelos mais diversos cenários: gelo, deserto, floresta, oceano, e até pelas nuvens acompanhando a bandeira do álbum “The Heist” sendo levada para os quatro cantos do mundo, assim como os hits da dupla também se espalharam. Ryan Lewis trabalhou no roteiro, produção e direção do clipe.

5. “Unconditionally” – Katy Perry

Este com certeza é o clipe mais dramático e luxuoso da carreira de Katy Perry. Com uma fotografia incrível, que lembra muito o filme “Anna Karenina” de 2012, e figurinos e cenários com um visual deslumbrante, a cantora apresentou um trabalho muito diferente dos seus vídeos anteriores. Com cenas de tirar o fôlego, principalmente quando ela é atropelada, Katy mostra toda a força e o perigo do amor incondicional que ela canta na letra.

4. “The Stars (are out tonight)” – David Bowie

Uma das melhores notícias de 2013 foi que David Bowie voltou, e ele ainda nos trouxe um clipe com a participação de Tilda Swinton. Só isso já era o suficiente para estar nessa lista, mas o vídeo também é muito bem produzido, editado, dirigido e interpretado. Ele conta a história de um casal normal que vê sua vida entrando em conflito com as de duas celebridades jovens. Como o próprio cantor disse, ele quis mostrar a convergência entre idades, sexos, o anonimato e a fama.

3. “Pretty Hurts” – Beyoncé

Quase todos os clipes do novo álbum visual da Beyoncé poderiam estar nessa lista, mas nós precisávamos escolher um só: “Pretty Hurts”. O vídeo que mostra a cantora em um concurso de beleza tem um visual lindo, e ainda traz uma belíssima mensagem contra a ditadura da beleza, algo pelo qual ela e muitas outras garotas que vivem ou buscam o mundo da fama sofreram. Com a letra da canção ela também fortalece as suas ideias feministas, o que repetiu na sua nova e ótima música “Flawless”.

2. “Mirrors” – Justin Timberlake

O clipe de Timberlake mostra a história de um casal de namorados do começo ao fim. Os dois se conhecem nos anos 50, envelhecem e, por causa da intimidade, conseguem se entender como eles próprios, como se fosse apenas olhar para um espelho. O cantor ainda aparece nos dois últimos minutos do clipe para mais uma das suas coreografias perfeitas que fica melhor ainda com a ajuda dos reflexos de muitos espelhos. O clipe consegue misturar uma história emocionante, com um visual bonito e diferente, não é a toa que este foi o grande vencedor do VMA 2013.

1. “Wrecking Ball” – Miley Cyrus

Não teve clipe mais comentado, mais copiado, mais popular, mais qualquer-coisa neste ano. Ele é uma produção simples, mas ao mesmo tempo muito poderosa. O vídeo começa com muita emoção com apenas o rosto de Miley, lembrando o icônico “Nothing Compares 2 U” da Sinead O’ Connor. Até que a cantora chega com a sua bola de demolição e a sua marreta para mostrar a sua força como grande cantora pop, além de ser um ótimo exemplo de como um trabalho bem simples de fotografia e edição podem resultar em algo legal. Esse mérito fica para o novo amiguinho de Miley, Terry Richardson, o diretor do clipe. Ele pode gerar muita polêmica, mas com certeza este foi o maior clipe de 2013!

Comentários

Topo