Menu Papel POP

Você é aquela pessoa que nunca viu “Breaking Bad”? Fiz um post pra você…

Vamos resolver isso logo? Imagino que você já esteja de saco cheio e deve ter um amigo (ou conhecido) que sempre te irrita quando o assunto “Breaking Bad” surge numa rodinha de conversa.

Não odeie seu amigo. É assim mesmo. Todo mundo que vê, ama. Quem assiste, é viciado.  

Com “Breaking Bad”, ou você ama ou odeia. Já falei do seriado algumas vezes aqui no Papelpop, tentando convencer você a assistir e agora volto ao assunto porque passamos por um momento lindo atualmente: chegou o término da série que já marca a TV dos EUA como algo tão bom quanto “Six Feet Under”, “Twin Peaks”, “Os Sopranos” e por aí vai… Leia mais.

Os telespectadores entendem perfeitamente que essa jornada precisa terminar e está doido pra que isso aconteça logo.

Afinal, a história é tão amarrada, tão bem elaborada e tão doentemente roteirizada que depois de todos os absurdos que vimos acontecer nos quatro últimos anos, o fim era realmente necessário para a quinta temporada.

Walter White vai morrer? Hank vai capturar? Jesse vai matar? Skyler vai virar mafiosa louca? Marie vai acabar no hospício? Junior vai continuar comendo ovos com bacon?

Rapidinho! Pra quem nem sabe do que se trata, “Breaking Bad” é o seguinte: um professor de Química chamado Walter White está com câncer, podendo morrer, sem deixar nada para a família. Tudo muda quando ele decide, junto com um ex-aluno (Jesse), fabricar metanfetamina para vender. E se eu for contar tudo que acontece depois disso perde totalmente a graça.

O que posso falar: a vida do cara muda assim como a personalidade dele. A família também. O cotidiano, as mentiras, as saídas dos problemas… É tensão, ação e roteiro sensacional para aplaudir de pé.

Breakingbad-EW-COVER-capa

Difícil contar quantos Emmys o Bryan Cranston (Walter White), o Aaron Paul (Jesse) e o diretor e criador do seriado, Vince Gilligan (que já fez “Arquivo X”), já ganharam. Acima, Bryan e Aaron, os atores principais, estrelam a capa da Entertainment Weekly.

“Breaking Bad” é televisão de ouro dos EUA…

É um seriado que vai marcar a TV dos EUA. Por quê? Os produtores do seriado contam uma excelente história, não fazem a audiência de idiota, são divertidos na medida certa e criam um roteiro delicioso e doente na medida certa.

Esse é meu último pedido: assista! E depois venha me agradecer (ha!)

Todas as temporadas já estão disponíveis no Netflix. No domingo (1) eles jogaram a primeira metade da última temporada do seriado. Já a segunda e última metade do finalzinho da série está sendo exibida atualmente nos EUA. É óbvio que também existe a internet aí na sua mão pra isso.

Vai ver “Breaking Bad”!

Comentários

Topo