Menu Papel POP

Lady Gaga perde 176 milhões de visualizações no YouTube

A conta da cantora Lady Gaga no site Vevo, que acontece dentro do YouTube, perdeu mais de 176 milhões de visualizações depois de uma recontagem de audiência para evitar fraudes.

A retirada desses tantos milhões de “views” faz parte de uma espécie de faxina que o Google (dono do YouTube) está fazendo para evitar a ação de robôs automáticos que fazem aumentar a audiência de um determinado vídeo.

Às vezes, um vídeo pode ter, sei lá, 10 milhões de visualizações e 3 milhões ser uma audiência “fake” gerada por um “bot”.

O Google fez essa varredura não só na conta Vevo da Lady Gaga, mas também na de vários outros artistas da Universal Music Group (UMG), Sony/BMG e RCA Records. Christina Aguilera teve 7 milhões retirados, Eminem teve 18 milhões retirados, Katy Perry 4 milhões removidos, Rihanna uns 13 milhões e Beyoncé uns 2 milhões.

O que a equipe de Gaga tem a dizer a respeito?

Uma porta-voz da cantora afirmou que ela tem mais coisas para fazer do que tentar manipular as visualizações do YouTube. “Gaga não está envolvida nisso. Ela tem projetos de caridade, ensaia para as performances e está gravando um novo CD”, afirmou a publicação.

Por outro lado, sites de tecnologia como o ReadWrite contam que desde que essa ação contra visualizações “fake” começou no início de janeiro, um usuário que se identifica como “spk” e diz ser um funcionário do YouTube conta que foi pago para bombar vídeos da VEVO com robôs. Resta saber quem pagou o cara e se a história é mesmo verdadeira, né?

O que os fãs de Lady Gaga dizem?

Alguns mandaram mensagem para nós tentando explicar o acontecido. Segundo eles, a cantora perdeu em visualizações porque excluiu vários vídeos no LadyGagaVevo como o áudio de “Born This Way”, “The edge Of Glory” e vídeos de várias performances.

Então pode até ser que esses 176 milhões de “views” perdidos cantora foram de vídeos deletados por ela, mas como contam sites como o Sociablade, a Billboard e até o GagaDaily, muitos outros milhões foram retirados, sim, por serem de ações de robôs que geravam audiência “fake” para os vídeos da cantora.

Comentários

Topo