Menu Papel POP
cinema

Globo de Ouro 2013: quem ganhou, perdeu, brilhou e foi injustiçado

“Os Miseráveis”, “Argo” e “Homeland”, os grandes lindos da noite…

O Globo de Ouro 2013 aconteceu na noite de ontem (domingo, 13) e consagrou “Homeland”, na TV (mais uma vez!), com três prêmios, incluindo o principal deles, de Melhor Série Dramática.

No cinema, o campeão foi “Os Miseráveis”, também com três prêmios, incluindo o de Melhor Filme de Comédia/Musical e o excelente “Argo” de Ben Affleck na categoria Melhor Filme/Drama. Foi uma surpresa este último ter vencido “Lincoln”, que era o grande favorito da noite.

Na TV, também se destacaram a o filme da HBO “Game Change”, com Julianne Moore, e a gostosinha “Girls”, de Lena Dunham.

Teve injustiças esse ano?

Hahaha! “Modern Family”, que costumava brilhar nos anos anteriores, não ganhou nadinha esse ano! A atriz Sofia Vergara, logo depois da premiação, postou essa foto com a legenda: “A gente perdeu tudo esse ano!”. Mas a foto já é uma das melhores!

A imprensa internacional também aponta que “O Lado Bom da Vida” (“Silver Linings Playook”), com Jennifer Lawrence e Bradley Cooper, deveria ter levado o prêmio de Melhor Filme em Comédia em vez de “Os Miseráveis”.

Segundo os especilistas, outros dois injustiçados foram Denzen Washington em seu papel em “Flight” e “Safe and Sound”, música que Taylor Swift compôs para “Jogos Vorazes”. É claro que ninguém desmerece Daniel Day-Lewis, que levou o prêmio de Melhor Ator (a que Denzel concorria) por “Lincoln”, nem “Skyfall”, música na voz de Adele para “007″, que saiu vencedora na noite.

- Pra mim já chega, eu tô bolada!

Quem brilhou muito na noite…

Gente! Por favor! Que dupla sensacional e deliciosa! Alguém realmente brilhou mais do que Tina Fey e Amy Pohler? Só o vídeo de abertura em que elas fazem piada com praticamente todo mundo que estava ali (e com quem não estava, como Meryl Streep, que ficou resfriada e não pôde comparecer) já vale muito a pena!

A mais espontânea, a mais fofa, a mais feliz da noite! A cantora Adele não escondeu a alegria ao ganhar como Melhor Canção Original com “Skyfall”.

Homenageada da noite, a atriz Jodie Foster não poderia ter feito um discurso mais apropriado. Ela fez a galera sorrir e chorar ao mesmo tempo – e foi lindo.

Logo no começo, ela deixou todo mundo tenso ao dizer: “estou um pouco nervosa quanto a essa declaração. Não tão nervosa quanto minha agente, hein, Jennifer? Mas, você sabe, tenho de colocar isso para fora. Orgulhosamente e alto. Vou precisar da sua ajuda. Eu sou… solteira”.

Hahaha! E completou: “Eu espero que vocês não fiquem desapontados com o fato de que não vou sair do armário aqui nesta noite. Já fiz isso mil anos atrás”.

Jodie ainda agradeceu à mãe, que tem demência, num momento em que a plateia claramente se emocionou. “Eu te amo, eu te amo, eu te amo, e espero que, dizendo três vezes, isso vai entrar mágica e perfeitamente na sua alma”. Ah, foi lindo, vai!

Foi tudo incrível e já queremos mais Tina e Amy juntas em premiações! O Oscar 2013 taí, galera!

VEJA A LISTA COMPLETA DE TV E CINEMA DEPOIS DO PULO!

EM CINEMA:

Melhor Filme (Drama)
Argo

Melhor Filme (Comédia/Musical)
Os Miseráveis

Melhor Diretor
Ben Affleck, por Argo

Melhor Ator (Drama)
Daniel Day-Lewis, por Lincoln

Melhor Atriz (Drama)
Jessica Chastain, por A Hora Mais Escura

Melhor Ator Coadjuvante
Christoph Waltz, por Django Livre

Melhor Atriz Coadjuvante
Anne Hathaway, por Os Miseráveis

Melhor Atriz (Comédia/Musical)
Jennifer Lawrence, por O Lado Bom da Vida

Melhor Ator (Comédia/Musical)
Hugh Jackman, por Os Miseráveis

Melhor Trilha Sonora Original
As Aventuras de Pi

Melhor Canção Original
Skyfall, de Adele para 007 – Operação Skyfall

Melhor Roteiro
Quentin Tarantino, por Django Livre

Melhor Filme em Língua Estrangeira
Amor (Áustria)

Melhor Animação
Valente

EM TELEVISÃO:

Melhor Série (Drama)
Homeland

Melhor Série (Comédia/Musical)
Girls

Melhor Minissérie ou Filme para Televisão
Game Change

Melhor Atriz Coadjuvante em Minisséries
Maggie Smith, por Downton Abbey

Melhor Atriz em Minisséries
Julianne Moore, por Game Change

Melhor Ator em Série (Drama)
Damian Lewis, por Homeland

Melhor Ator em Minisséries
Kevin Costner, por Hatfields & McCoys

Melhor Ator Coadjuvante em Minisséries
Ed Harris, por Game Change

Melhor Ator em Série (Comédia/Musical)
Don Cheadle, por House of Lies

Melhor Atriz em Série (Drama)
Claire Danes, por Homeland

Melhor Atriz em Série (Musical/Comédia)
Lena Dunham, por Girls

por Rafael Maia em 14/01/2013 12:28

Comentários

Topo