Menu Papel POP
televisão

As frases da Xuxa em entrevista polêmica, medonha e triste para o “Fantástico”!

Foi triste. Deu pena. Foi uma entrevista muito reveladora, mas ao mesmo tempo muito assustadora e polêmica.

Com a entrevista da Xuxa, o “Fantástico” liderou a audiência no domingo à noite. O programa vem se empenhando, todo fim de semana, para vencer a audiência com “bafos” maiores que aquelas que o “Pânico na TV” adora inventar.

Todo domingo a Globo traz uma entrevista “bombástica”. Já teve Padre Marcelo Rossi dizendo que tomava bomba, Alexandre Pires e os macacos do clipe, o drama da Carolina Dieckmann e agora Xuxa admitindo ter sido abusada sexualmente. E assim a Globo está conseguindo causar e ganhar a audiência do horário.

Leia abaixo os momentos mais sinistros, mais engraçados, medonhos e tristes da entrevista com a Xuxa…

Namoro com Pelé: “Nunca fui muito namoradeira. (…) Fiquei seis anos com ele. (…) Mas eu quis me separar quando eu vi que tava gostando dele”

Fama: “Uma vez o Mickey veio falar comigo, falou que me amava, escreveu, porque eles não podem falar. E foi correndo chamar a Minnie. E minha filha do lado: ‘Pô, mãe, até o Mickey !’. ‘Pô, Sasha, desculpa’.”

Aceita eu(sic)?: “A coisa mais difícil é o cara aceitar eu como eu sou”

Como rolava o namoro com Senna: “A gente se olhou, em vez de se cumprimentar a gente se tocou. A gente em vez de se beijar, a gente meio que se cheirava. Ele tinha um astral muito diferente. (…) Até achei esquisito: ‘Gente, será que ele não está interessado?’””

Muito doido: “Mas quando a gente ficou junto, a gente não se largou, foi um negócio muito doido.”

Senna era rapidinho: “Eu vivi um grande amor na minha vida mas foi tudo rápido. Porque tudo pra ele era rápido.”

Preferências do Senna: “Ele gostava das coisas que eu gostava, das mesmas cores, não gostava das frutas que eu também não gostava. (…) E ele dizia que se ele fosse mulher ele gostaria de ter a profissão que eu tinha.”

Xuxa vai ver Senna: “Um dia a gente vai se encontrar de novo…”

Michael Jackson: “A assessoria do Michael Jackson estava querendo que ele casasse, tivesse filhos. E eles estavam buscando uma pessoa. Nessa época eu estava trabalhando na Espanha. Fui chamada para o show dele.”

O que ela fez com isso depois? “Ele estava chupando pirulito, eu peguei o pirulito que ele estava chupando e levei que nem fã.”

Casamento com MJ: “E depois veio uma proposta do empresário dele: se eu não pensava em de repente ficar com ele. Eu falei: ‘Como assim?’. É porque ele gostaria de ter filhos, casar. E eles achavam muito legal ter essa junção. Uma pessoa que trabalha com criança na América do Sul e ele que gosta de criança. Ele me mostrou só as coisas de criança.”

Muito doido [2]: “Era meu ídolo. Mas de ídolo pra outra coisa era muito dieferente. Então não rolou. Minha resposta, obviamente, foi não. (risos) Muito doido”

Xuxa taradinha: Aí as poucas pessoas que me conhecem dizem assim: ‘Nossa, mas eu não achava que você era assim!’ Por quê? Como eu ia ser? Queria muito saber o que passa na cabeça das pessoas. Será que os caras acham que eu… (começa a cantar e fazer coreografia) “Tá na hora, tá na hora, tá na hora de brincar”. “É bom estar com você, brincar com você…” (termina de cantar). Será? Nao é possível (rindo muito sozinha).”

Sede de sexo: “Mas às vezes, posso te dizer, na boa, corre sangue aqui dentro e hormônio (batendo no braço). Isso que é o pior. Esses hormônios é que matam a gente. Eu estava crente que quando eu chegasse aos 50 ia chegar calminha. (…) ‘Faz falta, faz muita falta’. Aí a coisa complica”

Abuso sexual: “Tinha cheiro de álcool, tinha cheiro de alguma coisa e eu não sei quem foi. E depois aconteceram muitas vezes. Parou aos 13 anos, quando eu consegui fugir.”

Xu não contou pra ninguém: “Não foi uma pessoa, foram algumas pessoas que fizeram isso. E em situações diferentes, em momentos diferentes da minha vida. Então ao invés de eu falar para as pessoas, eu tinha vergonha, me calava”

Chorando e emocionada: “Eu não sei porque muitas vezes isso aconteceu comigo. Eu tenho sonho de um dia nenhuma criança sofrer”

Plástica: “Eu não quero ter essa cara de tamanco”

Xuxa viveu mais que você, tá? “Eu vi o que poucas pessoas puderam ver. Eu senti o que poucas pessoas puderam sentir. Eu vivi o que pouquíssimas pessoas puderam viver. Eu vi o amor verdadeiro através da minha mãe. Eu vi o amor verdadeiro através das crianças. (…) Eu acho que poucas pessoas viveram isso.”

Polêmicas que faltaram na entrevista:
1) Por que esconder tanto o filme pornochanchada com aquele ator menor de idade?
2) pegação com Sérgio Mallandro… como foi?
3) e a Marlene Mattos?
4) “Cãozinho Xuxu” de trás pra frente é pacto com o diabo mesmo, Xu?


Nossa, quando eu era criança, eu morria de medo dessa palhaçada! Hahahah!

Vamos esperar outra briga de audiência na televisão. Talvez venha essa segunda parte idiota que eu sugeri.

por Phelipe Cruz em 21/05/2012 1:46

Comentários

Topo