Menu Papel POP
música

Você também vibrou com o show do Red Hot Chili Peppers no Rock in Rio? O público foi à loucura!

Se o pessoal de casa também vibrou com a performance do Red Hot Chili Peppers no Rock in Rio 2011, é difícil de medir. Agora, as 100 mil pessoas que estavam na Cidade do Rock ficaram, tipo, loucas e hipnotizadas.

É bem facinho de desvendar o sucesso do show na noite de hoje. Os caras, além de terem feito parte da infância e adolescência de muita gente – são quase 30 anos de carreira – continuam mostrando que são uma das bandas de rock mais importantes, competentes e cheias de energia da atualidade.

A cada acorde de uma nova música, o público vinha abaixo. O que falar da performance de “Otherside”, que, sem dúvida, é uma das músicas mais famosas deles? Logo no começo, foi lindo ver todo mundo – mesmo – cantando junto. O mesmíssimo aconteceu com a ótima “Under the Bridge”, com o hit “Californication” e com “Give it Away”, que fechou a noite.

Foi legal ver a banda empolgada e o público respondendo à altura. E o gênio maravilhoso do Flea arrasando no baixo e cada dia mais maluco, com entradas de microfone sem o menor sentido? Hahaha!

Aliás, bacana também foi a banda toda voltando no bis com camisetas em homenagem a Rafael Mascarenhas, o filho da Cissa Guimarães, que tinha uma banda cover de Red Hot e faria 20 anos neste sábado, dia 24.

Percebeu que a Cidade do Rock ficou mais escura? Era de propósito, lógico, para criar o clima “rock ‘n roll” pra essa que é uma das bandas de rock mais pop da história da música.

Antes, vieram os escoceses (ou irlandeses?) do Snow Patrol…

Se confundiu com a origem da banda? Tudo bem, o vocalista Gary Lightbody também no comecinho do show. É que alguns são da Irlanda, outros da Escócia. Esse não foi o único problema, no entanto, que Gary teve no Rock in Rio.

Na última e mais conhecida música do Snow Patrol – “Open Your Eyes”- ele parou a canção no meio alegando “algo incomum”. Na verdade, o som da guitarra dele estava estranho e a confusão durou só dois minutos.

Fora isso, o show foi lindo, bem à la Snow Patrol, com músicas mais calmas, melodias mais trabalhadas que dão sono em muita gente (eu entendo, juro), muita luz e até a participação da brasileira Mariana Aydar em “Set Fire to the Third Bar”.

E um charme à parte foi Gary passar praticamente o show todo com uma bandeira do Brasil no pedestal do microfone. Mesmo que, na verdade, tenha sido uma canga de praia do Brasil. :)

por Rafael Maia em 25/09/2011 3:03

Comentários

Topo